Geral

Exigências para dirigir tratores e máquinas agrícolas podem mudar

O Presente

24/11/2012 às 08:30 - Atualizado em 24/11/2012 às 08:31

Luciany Franco/OP


Um projeto de lei pode reduzir a exigência para dirigir tratores e máquinas. A proposta do deputado federal Alceu Moreira (PMDB-RS) prevê habilitação categoria B e curso de formação profissional em substituição à exigência atual da habilitação categoria C - a mesma solicitada para dirigir caminhão.

Para solicitar a carteira nesta categoria, hoje, o motorista precisa antes ter a habilitação B, aguardar um ano da permissão provisória, para só então solicitar a C. Dessa forma, o motorista só pode dirigir um trator depois de pelo menos um ano de experiência na direção de veículos automotores e depois de ter feito curso específico para transporte de veículos de grande porte.

No entendimento do deputado, no entanto, a legislação atual não condiz com a realidade e exclui profissionais experientes que só usam as máquinas na propriedade ou em trajetos curtos nas estradas. “Os acidentes acontecem dentro das propriedades, onde a polícia não tem como fiscalizar. Eles não são ameaças à segurança do trânsito, até pela lentidão dos veículos agrícolas”, explica Moreira.

O projeto foi aprovado pela Comissão de Viação e Transporte da Câmara e será avaliado pela Comissão de Constituição e Justiça. Se aprovado, vai para o Senado. A redução de exigência vale só para produtores e máquinas agrícolas. Para veículos de carga, terraplenagem ou pavimentação, os condutores continuariam com a exigência da carteira C, D ou E.

(Leia a matéria completa na edição impressa do Jornal O Presente)

Publicidade
Publicidade
Imagem do Dia

"Projeto Sustentabilidade - CEMEI"

Publicidade