Fale com a gente

Agronegócio Show do Agronegócio

“Nós temos no agro a nossa principal força”, afirma Ortigara durante Dia de Campo Copagril

Publicado

em

(Foto: Jaqueline Galvão/OP Rural)

O secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab), Norberto Ortigara, esteve em Marechal Cândido Rondon, na última quarta-feira (10) para participar da abertura do Dia de Campo Copagril – Show do Agronegócio, na Estação Experimental da Cooperativa. No mesmo dia também participou do Dia de Campo da Copacol, realizado no Centro de Pesquisa Agrícola, em Cafelândia.

Durante o evento, ele enfatizou a importância do agro. “Nós temos no agro a nossa principal força e se é a nossa força a gente não pode se esconder, devemos correr atrás de inovação, conhecimento e ciência para obter resultados cada vez mais satisfatórios, colher mais com menos, ou seja, gastar menos para ter o máximo desempenho, com sustentabilidade” frisou.

Ortigara destacou ainda que o Dia de Campo Copagril colabora para aproximar a ciência das empresas privadas que desenvolvem soluções, máquinas, equipamentos e processos digitais com a inteligência artificial, sementes, fertilizantes, bioinsumos em um mesmo espaço para apresentar as principais tendências para o setor. “Eventos técnicos como esse são a base para que possamos desenvolver cada vez mais o agronegócio paranaense”, ressaltou.

O secretário da Agricultura salientou que o Dia de Campo é um momento para compartilhamento de informações sobre os diferentes setores que compõem o agro estadual. “O nosso negócio é produzir proteínas e fibras para o Brasil e o mundo, aproximar as pessoas, ver o melhor caminho, estudar a forma correta de fazer e conhecer aquilo que vai chegar na roça queiramos ou não, porque faz parte da evolução e no Dia de Campo temos essa oportunidade para falarmos mais sobre nossos negócios”, salientou, mencionando a necessidade de se caminhar para uma agricultura cada vez mais natural, biológica, com mais ciência, refinamento e assertividade.

Segundo o secretário, o dia a dia da atividade no campo nem sempre possibilita a reciclagem de conhecimento por parte do agricultor. “Eventos dessa natureza felizmente vieram para ficar, para aproximar o agricultor do conhecimento, da inovação, daquilo que chegou de diferente para ser aplicado na propriedade”, afirmou, acrescentando: “Precisamos trazer o futuro mais urgentemente para nós”.

Além de serem eventos gratuitos, os dias de campo facilitam ao produtor conversar com os profissionais que vão dar as explicações sobre os resultados dos experimentos. “Os investimentos crescentes que estão sendo feitos em dias de campo, em shows tecnológicos, dão grande impulso àquilo que a gente está colhendo, que é o resultado do crescimento da agricultura”, evidenciou Ortigara.

O Presente Rural

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente