Fale com a gente

Agronegócio Impactos climáticos

Paraná: prejuízos de produtores de trigo podem chegar a R$ 1 bilhão

Safra enfrenta desafios devido ao excesso de chuvas

Publicado

em

(Foto: Gilson Abreu/AEN)

A safra de trigo no Paraná enfrenta desafios significativos devido ao excesso de chuvas e às condições climáticas adversas. O engenheiro agrônomo Thiago Christenson destaca o comprometimento intenso na cultura, especialmente no que diz respeito à qualidade do trigo destinado ao consumo humano.

As consequências do fenômeno El Niño impactaram a produtividade no estado, com as lavouras sofrendo ataques de fungos como giberela e brusone. O alto índice hídrico afetou o pH do cereal, resultando em uma quebra de safra significativa. Ana Paula Kowalski ressalta que a safra foi desafiadora, com prejuízos expressivos não apenas no Paraná, mas também em estados como Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Segundo o Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral), os prejuízos na cultura do trigo alcançam a marca de 1 bilhão de reais. A safra 22/23 teve sua qualidade comprometida, resultando em uma queda de 19% na produtividade em comparação com a previsão inicial de 4,5 milhões de toneladas.

Carlos Hugo Godinho, agrônomo do Deral, destaca que parte significativa do trigo será destinada a usos menos nobres, como ração, reduzindo a rentabilidade dos produtores. O produtor Rogério Dyck relata uma quebra expressiva na produtividade, com parte do trigo destinada a ração devido à deterioração da qualidade.

As perspectivas para a safra de trigo em 2024 no Paraná não são otimistas, com estimativas de redução de área e insegurança entre os produtores. O agrônomo Carlos Hugo Godinho aponta para um possível desânimo dos produtores devido aos problemas enfrentados na safra atual e à remuneração mais baixa.

Kowalski destaca que a redução de área dependerá do comportamento dos preços e das condições climáticas. O produtor Wiland Warkentin ressalta a incerteza associada ao cultivo de trigo, descrevendo-o como uma “loteria”. Apesar dos desafios, alguns produtores expressam a importância de manter o plantio para garantir a renda e a melhoria do solo.

Com Canal Rural

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente