Copagril
Editorial

A favor da vida

A campanha Outubro Rosa – Um toque pela vida, para conscientizar as mulheres sobre a importância da prevenção ao câncer de mama, foi lançada oficialmente na quinta-feira (26) em Marechal Cândido Rondon, sob a batuta do Núcleo e Conselho da Mulher Empresária da Associação Comercial e Empresarial (Acimacar). O próximo mês será marcado por ações que têm o objetivo de diminuir o número de vítimas e identificar a doença o mais precocemente possível. É uma nobre campanha, tendo em vista que o câncer de mama é o que mais faz vítimas fatais em todo o mundo.

Neste ano, a campanha, assim como em todos os outros, busca orientar sobre como lidar emocionalmente com o diagnóstico. Apesar do amplo conhecimento que se tem sobre a doença e as formas mais adequadas de evitar consequências mais sérias, o câncer de mama vitima milhares de brasileiras todos os anos.

Casa do Eletricista ESCAVAÇÕES

Por isso a campanha ganha as ruas de Marechal Rondon com as tradicionais camisetas cor-de-rosa. Nesse período, empresas e trabalhadores usam diversos recursos para chamar a atenção para a causa, seja nas redes sociais, nas publicidades em jornais e sites, nas cores da empresa, no lacinho rosa, etc. É preciso, de todas as formas, alertar as mulheres para que participem efetivamente desse movimento. Mas não é só as mulheres. Os homens têm papel fundamental nesse contexto. Eles não são o público-alvo da campanha – apesar de o câncer de mama atingir homens também, porém em proporções diminutas -, mas exercem papel importante para ajudar a incutir essa ideia de cuidado com a saúde na cabeça delas. Quanto mais massificada a informação, seja de que lado for, mais a campanha e sua mensagem terão efeito.

Realizada desde 1990 em todo o mundo, em Marechal Cândido Rondon ganhou notoriedade. É talvez a campanha mais expressiva que acontece todos os anos no município. O Outubro Rosa é um sucesso local e nacional, relembrando ano após ano, durante um mês inteiro, que a mulher precisa cuidar-se, e isso inclui o autoexame e exames periódicos de mamografia após os 40 anos, para não ser acometida com essa terrível doença, mas que tem grandes chances de cura quando diagnosticada precocemente.

A sociedade de Marechal Cândido Rondon sempre esteve engajada e participa ativamente dessa campanha, demonstrando interesse e responsabilidade pela causa. Mas não trata-se apenas de um mês vestindo rosa, levantando bandeiras e “gritando” palavras bonitas que se faz uma sociedade mais consciente. As mulheres precisam de cuidados o ano todo, precisam que a família as ajude a lembrar de si mesmas, precisam entender o quão importante é cuidar da sua saúde.

Parabéns aos organizadores e a todos que se dedicam a essa brilhante campanha a favor da vida. Que vossas ações se transformem em saúde e felicidade e que, no fim, a sociedade possa comemorar aquilo que deixou de acontecer.

TOPO