Pref. Pato Bragado – Dengue 2019
Pastor Mário Hort

A força do amor conjugal na reconciliação – 6ª parte

A força do amor é capaz de perdoar e fazer possível uma reconciliação?

Deus me presenteou com um brinde pelo amigo e proprietário do Hotel Maestro de Cascavel para escrever durante uma semana.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Então enviei uma mensagem ao meu filho na fé, Paulo, que reside na cidade, dizendo: “Sou ‘Cascavel’ por uma semana’ para escrever o tema‘A força do amor conjugal’”.

“Pastor, eu tenho uma experiência muito forte para o seu tema”, respondeu ele imediatamente.

No dia seguinte, Paulo me levou para tomar o café da manhã, e ele narrou a história: “Maurício (nome fictício) e sua esposa eram crentes e ele fazia todos os agrados da esposa. Ela teve dinheiro suficiente para cuidar de sua imagem, o que contribuiu para que ela fosse atraente para um homem casado.

A traição aconteceu e ela engravidou. Passado algum tempo, o homem abandonou sua esposa para viver com a amante e o filho que ele gerou. Porém, não demorou e o homem se arrependeu, voltou para a esposa e a família e a mãe ficou sozinha com o filho menor, que teve com um homem casado.

Nesse tempo o marido que perdeu a esposa também perdeu o seu emprego, e fez uma avaliação de fertilização,quando descobriu que ele jamais poderia gerar um filho.Tudo fez parecer que Deus e o mundo lhe haviam abandonado.

Alguns anos mais tarde ele se encontrou com a ex-esposa. Após longos e difíceis diálogos, juntos buscaram a graça de Deus, mas desta vez em espírito e verdade, em consagração total ao Senhor. Assim voltaram à vida comum de um novo lar, agora com o filho da esposa, cuja paternidade Maurício aceitou demonstrando seu pleno perdão.

Passado algum tempo a esposa estava grávida e, segundo ela, não havia acontecido uma nova traição. Contudo, quando a criança nasceu, o pai fez o DNA do bebê e foi confirmado que Deus fez o milagre em sua saúde.

A graça de Deus trouxe a saúde ao esposo que pôde gerar o seu próprio filho, como presente de Deus pelo perdão e a reconciliação com a esposa.

O braço quebrado pela traição foi “engessado” e curado,graças a Deus!

A reconciliação funciona! O perdão é divino e o fogo que se apagou pode ser reacendido pelo amor de Deus!

Todavia, é preciso que isso aconteça pela FORÇA DOPERDÃO de Deus.

TOPO