Copagril
Coluna ADI-PR

Assembleia Legislativa estreia novo portal

Portal da Alep
A Assembleia Legislativa estreou um portal que “ficou muito mais fácil para acompanhar, até pelo celular, o trabalho dos deputados e fiscalizar onde é aplicado o dinheiro público”, disse o presidente e deputado Ademar Traiano (PSDB). As mudanças são para atender às plataformas digitais (notebooks, celulares e tabletes). A barra de rolagem ficou mais curta e o acesso às matérias, fotos e à pesquisa legislativa de projetos e leis estaduais são feitos na primeira tela, com apenas um clique.

(Foto: Nani Gois/Alep)

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

Protagonismo
“A Assembleia assume o protagonismo no aprimoramento da administração pública ao implantar total transparência, uma comunicação inovadora e um rigoroso controle de gastos. O novo Portal chega para complementar esse trabalho”, disse o 1º secretário e deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).

Como funciona
Já ao abrir o site, as transmissões ao vivo das sessões plenárias aparecem. As principais notícias do dia estão listadas junto com as imagens. A busca pelos perfis dos deputados tem nomes e fotos. Nesse espaço pode-se acompanhar, em vídeo, os pronunciamentos dos deputados durante as sessões plenárias, bem como ter acesso às fotos, às leis criadas por eles e também às notícias relativas ao parlamentar produzidas diariamente.

Redes sociais
Os links para as redes sociais (Facebook, Twitter, Instagram e Flickr) e para o aplicativo Agora é Lei, com mais de 16 mil downloads, também estão na tela principal. Os podcasts de notícias podem ser acompanhados diariamente, além dos projetos especiais como o Assembleia no Enem, com mais de 500 vídeo aulas e o Geração Atitude, com a programação da caravana que espalha cidadania pelo Paraná.

Equipamentos
A bancada paranaense, coordenada pelo deputado Toninho Wandscheer (Pros), entregou os primeiros 58 equipamentos – 42 retroescavadeiras e 16 escavadeiras pequenas – para melhorias de infraestrutura de 53 cidades.  Os recursos de R$ 15 milhões são do Ministério da Integração Nacional.

Gramadão

Um dos espaços de lazer mais frequentados em Foz do Iguaçu, o Gramadão da Vila A, com 31 mil metros quadrados de área, será revitalizado pela Itaipu Binacional. A reforma começa no segundo semestre do ano que vem e o investimento é de R$ 2,6 milhões.

Agradece
A Santa Casa de Misericórdia de Curitiba agradeceu os deputados Delegado Francischini (PSL) e Felipe Francischini (PSL) pelo repasse de R$ 300 mil em emendas federais para manutenção em hospital.

Segunda instância
Projeto do deputado Sérgio Souza (MDB) já prevê a prisão em segunda instância desde 2016. O parlamentar afirma que desde 2016 trabalha para aprovar um projeto que modifica o Código de Processo Penal. O projeto de lei autoriza os tribunais federais a “determinar, de imediato, a execução provisória de acórdão condenatório proferido em apelação, mesmo que sujeito a recurso especial ou extraordinário”.

Combate à corrupção
O deputado Filipe Barros (PSL) acompanhou a apresentação do ministro Sergio Moro da reestruturação da Divisão de Combate à Corrupção do Ministério da Justiça e Segurança. No Paraná serão cinco núcleos – Curitiba, Foz do Iguaçu, Cascavel, Maringá e Londrina que terão o efetivo de 50 policiais cada. Felipe Barros confirmou uma emenda de R$1,5 milhão para a instalação da divisão.

Cidades digitais
Cascavel sedia amanhã (quarta-feira, 20) e quinta-feira, 21, o 7º Congresso Paranaense de Cidades Digitais. O encontro é direcionado a prefeitos, gestores públicos e vereadores interessados em inovação e na promoção do desenvolvimento socioeconômico a partir de investimentos em tecnologia.

Candidato
O presidente do MDB do Paraná, João Arruda, adianta que o ex-vereador Julio Kúller será o candidato do partido a prefeito de Ponta Grossa.

Refis
A prefeitura de Maringá arrecadou R$ 34,7 milhões referentes a negociação de débitos tributários através do Refis. Inciado em junho, foram 3.308 contratos assinados e os valores ultrapassam os R$ 21 milhões da última edição em 2005. Quem ainda não negociou suas dívidas com o município tem até o dia 2 de dezembro para aderir o Refis.

Hospital da Criança
O Estado liberou R$ 25 milhões para a continuidade das obras do Hospital da Criança de Maringá. Serão 160 leitos – além de um Centro de Pesquisa de Doenças Raras – com cobertura de 21 especialidades como oncologia, ortopedia, cardiologia, gastroenterologia, endocrinologia. O hospital vai ofertar serviços na região Noroeste para 115 cidades num espaço de ,23 mil metros quadrados.

 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO