Copagril – Sou agro com orgulho
Editorial

Bolsonaro e as demandas do Oeste

Importantes temas foram pautados ontem (04) durante a visita do presidente Jair Bolsonaro a Cascavel. Ovacionado por apoiadores da chegada à saída, o presidente veio inaugurar um centro de formação de atletas, mas o discurso das autoridades, incluindo o governador Ratinho Junior, foi além do campo esportivo.

Ratinho Junior falou da importância de ampliar a Ferroeste até o Mato Grosso do Sul, destacou a necessidade de investimentos em infraestrutura logística para atender com mais razoabilidade o Oeste paranaense, notadamente o agronegócio e suas milhões de toneladas de alimentos que partem da região com destino a todos os cantos do Brasil e do mundo.

Casa do Eletricista – BOBCAT

Importante também outro assunto que tem ganhado repercussão nos últimos dias: o pedágio. As novas concessões, segundo Bolsonaro e Ratinho Junior, terão preços mais baratos do que os praticados atualmente. Na ocasião, o presidente recebeu um documento assinado por mais de 100 entidades representativas do Oeste, que anseiam por um preço justo para trafegar nas principais rodovias do Estado.

Por outro lado, Bolsonaro sinalizou que quer melhorar a relação do brasileiro com os combustíveis. Disse que hoje (05) deve conversar com governadores, deixando a entender que vai propor uma redução de impostos (federais e estaduais) para reduzir o preço do combustível. Ainda sobre este tema, deu a entender que pretende sugerir um percentual fixo do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), que hoje é diferente de Estado para Estado, ao citar a previsibilidade como fundamental para o exercício das profissões de caminhoneiros, transportadores, taxistas, motoristas de aplicativo, etc.

São três temas de suma importância para a região Oeste do Paraná e para o Brasil. Mais que temas, são demandas que não podem ser esquecidas, não devem sair da pauta e devem ser reiteradas cada vez que o chefe do Executivo brasileiro vier para a região.

Ainda, Bolsonaro e Ratinho Junior destacaram a importância da Itaipu e seus poderosos investimentos para o Paraná. Bolsonaro mencionou que em governos anteriores os recursos desapareciam em “programas sociais” e que, agora, com uma gestão independente, Itaipu tem dinheiro para investir em grandes obras que o Estado precisa.

Agora, com apoio na presidência da Câmara e do Senado, Bolsonaro terá mais facilidade em governar, afastando praticamente em definitivo o fantasma do impeachment em seu primeiro mandato. Foi uma vitória importante, que pode ajudar Jair Messias a colocar em prática suas ideias para melhorar o país.

Até lá, que mais boas notícias venham para o Oeste do Paraná. É preciso seguir com as tratativas para a redução dos preços do pedágio, que ganharam um forte aliado com o posicionamento de Bolsonaro, que prometeu averiguar pessoalmente as questões envolvendo o tema, melhorar a relação do brasileiro com os combustíveis, sem implodir os cofres estaduais, e lutar fervorosamente por uma malha ferroviária condizente com o século em que vivemos e com tudo o que aqui se produz. Que o “Mito” trabalhe para isso.

TOPO