Elio Migliorança

Bons e maus exemplos

Bons e maus exemplos são comuns ao longo da vida. Os bons exemplos devem ser seguidos e os maus exemplos devem ser evitados se quisermos ser éticos e praticar a boa cidadania. Na semana que passou tivemos bons e maus exemplos contribuindo para o nosso aprendizado e a nossa reflexão.

Bom exemplo foi dado pelos professores do Paraná, que, mobilizados, defenderam a realização de eleições para diretores das escolas estaduais, marcadas para o próximo dia 26. Conquistada na década de 90 a escolha dos diretores de escolas públicas através de eleição direta, ninguém tinha o direito de caçá-la como foi feito pela Assembleia Legislativa no último dia 03. Certamente se os deputados tivessem revelado na campanha política que fariam isso, não receberiam os votos dos professores. E pior ainda foi cancelar a eleição com o processo já em andamento.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Em contraposição, foi um mau exemplo o comportamento dos professores no recinto da Assembleia Legislativa durante a votação. Se os alunos desses professores tivessem um comportamento assim na sala de aula seriam expulsos da sala, pois com um ambiente assim não é possível dar aula. Reivindicar, pressionar e mobilizar-se em defesa de uma causa é legítimo, mas fazer isso com comportamento de baderneiro é um mau exemplo que não deve ser seguido. Manifestação de professores deveria ser feita por professores, sem agitadores profissionais que baixaram o nível da manifestação, proferindo palavras impublicáveis contra os deputados. Nem por isso o presidente da Assembleia, que no tempo que era pobre era professor de Matemática em Bituruna (PR), precisava usar da força para retirar aquelas “maçãs podres” do meio dos professores que se manifestavam. Mau exemplo do governador Beto Richa ao encaminhar o projeto para aprovação dos deputados. Foi um golpe contra o magistério. Depois que o mesmo governador concedeu aumentos salariais consideráveis aos professores, elevando inclusive a hora-atividade a 33% da carga horária, não tinha necessidade de manchar sua biografia com uma medida destas. Para quem não sabe, hora-atividade é horário que o professor ganha para preparar suas aulas e corrigir avaliações.

Mau exemplo foi dado também pela nossa presidente reeleita Dilma Rousseff, pois tudo aquilo que negou durante a campanha fez após o resultado das eleições. Aumento do preço dos combustíveis, aumento na tarifa de energia elétrica, aumento da taxa de juros, algo negado durante a campanha e, pior, dizendo que isso o candidato de oposição faria se fosse eleito. E depois se incomodam se chamarem a presidente de mentirosa.

Agora também foram revelados os números indicando que a pobreza extrema aumentou no Brasil em 2014 e que o desmatamento na Amazônia cresceu de forma assustadora em 2014. Sabemos que nossa chuva depende muito da umidade trazida pelas correntes de ar da Amazônia. Com tanta tecnologia existente, o governo não consegue por incompetência ou não quer controlar o desmatamento naquela região? Qualquer que seja a resposta, as duas opões são um péssimo exemplo.

Como seríamos felizes se pudéssemos viver na realidade dos programas de televisão da campanha política. Bom exemplo é dado por todos aqueles que cada dia se esforçam para produzir e cumprir o seu dever de cidadão, apesar dos maus exemplos que chegam de todos os lados.

TOPO