2º Agita Rondon – 2019
Elio Migliorança

CORTINA DE FUMAÇA

Depois do embalo inicial em que o grito do povo botou pra correr as instituições nacionais, numa velocidade que não se imaginava possível, é necessário estar atento e ligado, pois estão tentando desviar a atenção do povo e esconder os problemas com uma cortina de fumaça. De repente se discute um plebiscito, esta é a fumaça, como se isso fosse resolver alguma coisa. Pode até resolver, mas não da forma como está sendo colocado. Aliás, nossos maiores problemas na área política são os políticos, pois ainda há artigos da Constituição de 1988 que não foram regulamentados. Queres maior prova da má vontade ou incompetência do Congresso Nacional?
As poucas perguntas possíveis num plebiscito nacional deixariam nas mãos dos políticos a regulamentação das decisões e aí seria como encarregar a raposa para cuidar o galinheiro. Um plebiscito decente precisa de pelo menos 21 perguntas, fora disso será um plebiscito falso ou enganador. Manipular o povo pode dar certo de imediato, mas não para sempre. Numa reforma política pra valer o povo deveria responder as perguntas que seguem. 1) São permitidas coligações ou os partidos devem lançar candidato próprio? 2) O salário dos congressistas continuaria a ser fixado por eles ou seria aumentado conforme o salário-mínimo? 3) Pode o eleitor cassar o eleito se ele não cumprir suas promessas, fazendo uma espécie de “recall” como fazem as empresas com produtos defeituosos? 4) Funcionários públicos e governantes podem usar serviços privados de saúde ou devem ser atendidos pelo SUS? 5) Pode a candidatura avulsa de qualquer eleitor não filiado a partido, desde que apoiado por 1% do eleitorado? 6) Propaganda pública de obras dos governos deve continuar ou ser abolida? 7) Campanha política financiada com dinheiro público ou particular? 8) Caso seja particular, valor máximo por pessoa de
R$ 1.000,00 ou sem limite? 9) Manter o voto obrigatório ou facultativo? 10) Todo vereador deve ser eleito por voto distrital ou proporcional? 11) O vereador deve continuar remunerado? 12) Abolir ou manter a reeleição em todos os níveis? 13) Reeleição dos deputados e senadores para um mandato ou sem limite? 14) Manter Senado e Câmara ou criar o sistema unicameral? 15) Projetos de iniciativa popular com assinatura digital devem ser aceitos e votados no Congresso? 16) Conselheiros e ministros dos Tribunais de Contas e de Justiça continuariam a ser nomeados politicamente ou seriam por concurso público? 17) Abolir o sigilo bancário para todos os detentores de mandato? 18) Eleição por lista ou candidato proporcional? 19) Acabar ou manter as medidas provisórias? 20) Férias de 30 dias anuais para todos os políticos? 21) Os filhos dos políticos devem estudar em escola pública ou podem escolher uma particular?
Este seria o plebiscito para pensar o Brasil do futuro, fora disso é manipulação. O brasileiro gosta de futebol, mas não de manipulação, corrupção e abuso de poder usando pão e circo. E se alguém está pensando em um voto de aplauso ao Felipão, comissão técnica e jogadores, é bom pensar também em voto de aplauso a médicos, professores, trabalhadores, empresários e ao maior pagador de impostos do mundo, o povo brasileiro.

TOPO