Pref. MCR Ecoturismo_
Coluna ADI-PR

Deputado paranaense é eleito vice-presidente da CPI das Fake News

CPI das Fake News
O deputado Ricardo Barros (PP) foi eleito vice-presidente da CPI das Fake News. Formada por 15 senadores e 15 deputados, a comissão investiga notícias falsas, criação de perfis falsos e ataques nas redes sociais. “Queremos identificar e combater os focos de produção de notícias falsas. Vamos trabalhar com afinco para que a desinformação não prospere na sociedade brasileira”, afirma.

(Foto: Divulgação)

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

 

Cyberbullying
Além de investigar as fake news, a CPI também debate o cyberbullying, aliciamento e orientação de crianças para cometimento de crimes de ódio e suicídio, consequências econômicas da produção e disseminação das notícias falsas que atentam contra a democracia; e esquemas de financiamento, produção e impacto das fake news nos processos eleitorais. A presidência da CPI é do senador Ângelo Coronel (PSD-BA) e a relatoria da deputada Lídice da Mata (PSB-BA).

Hauly
O ex-deputado Hauly (PSDB) vai apresentar aos deputados paranaenses na segunda-feira (28) os detalhes da PEC 110, uma das propostas da Reforma Tributária que tramita no Congresso Nacional. A conversa com os deputados será no grande expediente da Assembleia Legislativa, a partir das 14h30.

Reforma
“Se não for aprovada a reforma tributária este ano o crescimento do ano que vem não passa de 1%. E se for aprovada vai crescer 3,6%. O empresariado brasileiro e do mundo inteiro está esperando esta reforma na linha que nós estamos propondo, que é a criação de um IVA (Imposto sobre Valor Agregado), do imposto de renda e imposto patrimonial”, disse Hauly.

Damares em Maringá
A ministra Damares Alves (Família e Direito Humanos) e uma comitiva de 12 deputados recebem hoje (24) em Maringá famílias de 38 motoristas venezuelanos contratados por uma empresa maringaense. Os motoristas participaram de 520 horas de treinamento e em seguida iniciaram as viagens com os caminhões da transportadora Transpanoramo.

Prática de cartel
O deputado Luizão Goulart (Republicanos-PR) destacou a aprovação na CCJ do projeto de lei que aumenta a pena para empresas que praticarem cartel, como em postos de combustíveis. “Essa é uma prática que onera indevidamente não apenas os donos de automóveis, mas também toda cadeia produtiva, que necessita do transporte terrestre para escoar a produção, além dos cidadãos brasileiros que dependem do transporte público”, enaltece.

Paraná no ranking
O Paraná permanece na 4ª colocação no ranking de competitividade dos Estados, seguiu na 3ª colocação em sustentabilidade ambiental, 4ª em educação e inovação, 7ª em segurança pública e na 8ª em capital humano. O Estado ganhou posições nos pilares de sustentabilidade social (da 4ª para 2ª colocação) e de potencial de mercado (da 19ª para 11ª). Por outro lado, o Paraná perdeu posições nos pilares de infraestrutura (da 3ª para 4ª posição), solidez fiscal (da 10ª para 11ª) e eficiência da máquina pública (da 2ª para 3ª).

Investimentos
A deputada Aline Sleutjes (PSL-PR) garantiu R$ 13 milhões a municípios nos primeiros meses de atuação parlamentar. “Em pouco tempo na casa todo o trabalho foi recompensado”, declarou. As emendas beneficiaram diversos municípios e em distintas áreas: melhorias na saúde, rodovias e infraestrutura.

Tereza na China
A ministra Tereza Cristina (Agricultura) encontrou, em Pequim, com o presidente da Cofco, Jun Lyu. O executivo informou que o grupo, maior processador de alimentos da China, pretende ampliar investimento em quatro plantas de açúcar no Brasil. Tereza Cristina propôs que os chineses invistam também em projetos de logística no Brasil, como ferrovias e portos, principal gargalo para o escoamento da produção agropecuária nacional.

STI iluminada
Avenidas, ruas, praças e parques. Nada ficou de fora. Foram 20 dias para que a iluminação pública de Santa Terezinha de Itaipu entrasse entre as cidades modernas, inclusivas e sustentáveis, 100% iluminada em LED. Foram 4.018 luminárias substituídas. “Trabalhamos muito para que esse projeto saísse do papel. Priorizamos a qualidade em todos os aspectos e a redução gradativa na taxa de iluminação pública. Hoje somos referência pelo fato de buscarmos, por meio de projetos técnicos, o melhor para a cidade e para as pessoas que vivem nela”, destacou o prefeito Cláudio Eberhard (PSDB).

 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO