Copagril – Sou agro com orgulho
Editorial

É hora de celebrar

É hora de celebrar os 58 anos de emancipação de Marechal Cândido Rondon, lembrados amanhã, 25 de julho. Mais um ano se passou na história desse município, cheio de bons momentos feitos por uma gente que faz acontecer. É hora de celebrar, recordando o passado, para valorizar o presente e vislumbrar um futuro cada vez melhor. É hora de celebrar a vida que se perpetua.

Para lembrar a data, o início da tradicional festa do município está em contagem regressiva. De quinta (26) a domingo (29), milhares de pessoas de todo o Paraná e até de outros Estados e países devem passar pelo Parque de Exposições, com seu estiloso Centro de Eventos e seu ímpar bosque onde é realizado o também singular Concurso Nacional do Boi no Rolete.

Casa do Eletricista ARANDELAS

Tem atrações para todos os gostos, para todas as idades, tudo feito carinhosamente para esse momento tão especial que é celebrar. Celebrar, sim, pois a celebração faz um povo valorizar suas conquistas. Celebrar para lembrar que é preciso lutar, mas é preciso descansar para dar os próximos passos. A Expo Rondon nem começou, mas já se desvenda um sucesso, com shows artísticos, eventos culturais, gastronomia e muito mais.

Nied 2021 X

Paralelamente, acontece a Expomar, a exposição da indústria, comércio e prestadores de serviços. Há oportunidades de bons negócios para quem quiser, seja comprando um boné ou a colheitadeira de última geração. É preciso celebrar a garra desses empresários, que, mesmo diante de cenários não tão agradáveis por conta das dificuldades econômicas do país, não param de acreditar, investir e realizar.

Neste dia 25 há ainda dois outros bons motivos para celebrar. Um deles é a comemoração ao Dia do Colono, sem o qual Marechal Cândido Rondon talvez nem existisse hoje. O Dia do Colono, oficializado em 25 de julho pela lei federal nº 5.496, de 1968, não deixa as novas gerações esquecerem aqueles que foram essenciais para o progresso do país, trabalhando principalmente no desenvolvimento da agricultura. O segundo bom motivo para celebrar é a passagem do Dia do Motorista, também lembrado neste 25 de julho. Com esse profissional, Marechal Cândido Rondon abriu novos caminhos, vislumbrou novos horizontes, conquistou novos espaços, evoluiu.

Marechal Cândido Rondon está em festa a partir de amanhã, e tem motivos de sobra para celebrar. Este município hospitaleiro e de gente trabalhadora tem índices de desenvolvimento, satisfação e bem-estar de sua população que enchem seu povo de orgulho. As bases sólidas do passado moldaram uma estrada de bases sólidas, rumo a uma prosperidade cada vez mais ideal para seu povo.

É lógico que existem os problemas, assim como em qualquer lugar do mundo. Eles estão presentes fazendo lembrar que, mesmo que por mais que se faça, há algo ainda a ser feito para melhorar a vida das pessoas inseridas em uma comunidade. Existe o que há para melhorar, mas, nesta hora de festa, o povo tem o direito – e uma pitada de dever – de celebrar sua cidade, suas conquistas, seus sonhos alcançados.

Grupo Costa Oeste 2021

 

TOPO