Coluna ADI-PR

Entidades municipalistas vão promover marcha a Brasília no próximo dia 03

Marcha de prefeitos
Entidades municipalistas vão mobilizar prefeitos vereadores e deputados para uma marcha a Brasília no próximo dia 03. Eles vão pressionar os senadores a rejeitarem a PEC apresentada pelo governo Bolsonaro que prevê a extinção de cidades com até cinco mil habitantes e arrecadação própria menor que 10% da receita total. Em todo o país, a medida atingiria mais de 1,2 mil municípios. No Paraná, 102 cidades têm menos de 5 mil habitantes, e dessas, 64 têm arrecadação própria abaixo do limite estipulado na PEC.

Outros interesses
O governador Ratinho Junior (PSD) questionou os interesses que têm apresentado objeções ao projeto da Faixa de Infraestrutura no litoral do Paraná.“O que existe que nós temos que tomar cuidado é um jogo comercial. Quem opera um porto não quer que o outro saia e, às vezes, as questões ambientais são colocadas por lobby. É muito dinheiro envolvido”, disse Ratinho Junior à EFE.

Casa do Eletricista – RETOMA

(Foto: Divulgação)

 

E os catarinas?
“Você acha que Santa Catarina tem interesse que saia mais um porto de container, do lado deles, com o melhor calado da América do Sul? Não estou acusando, estou refletindo. Será que o Porto de Paranaguá, que tem um investidor chinês, quer que saia um porto a três quilômetros Então, às vezes, usam a questão ambiental como álibi”, questionou o governador.

Podemos
A professora Caroline Arns Arruda, filha do também professor e senador Flávio Arns, filiou-se ao Podemos. O ato, realizado em Curitiba, contou com a presença de lideranças políticas e da sociedade civil de todo o Paraná.

Centro-sul
O deputado Artagão Júnior (PSB) anunciou novos recursos, entregou veículos e participou de inaugurações, que, somados, chegam a R$ 4 milhões em Porto Barreiro. “Estamos entregando um caminhão, van, carro para o Conselho Tutelar, parquinho infantil, implementos, calçamento, pavimentação asfáltica, além de outros projetos que estão sendo trabalhados e que serão anunciados em breve”.

Geração Atitude
Projeto de lei do do estudante Welington Ramos, 18 anos, aluno do ensino médio no Colégio Estadual Conselheiro Carrão, em Assaí, é finalista do programa Geração Atitude na Assembleia Legislativa. A proposta de Ramos implementa novas tecnologias sustentáveis e ecológicas em grandes construções.

Patrimônio
Ponta Grossa lança iniciativa pioneira no Brasil: o Sistema de Informações do Patrimônio Cultural. É a primeira cidade a ter um sistema unificado de informações postadas no “PatrimônioPG”. O site traz um catálogo completo de informações e imagens do patrimônio material (imóveis tombados, inventariados e obras de arte) e imaterial (festas, costumes, tradições) de Ponta Grossa.

Asas da memória
Duas exposições no Ecomuseu de Itaipu resgatam a relação do inventor Santos Dumont (1873-1932) com as Cataratas do Iguaçu e exibem obras do artista plástico Adriano Monanc. As mostras “Asas da memória – Santos Dumont na Terra das Cataratas” e “Sinta”, de Monanc, podem ser vistas até maio de 2020.

Negócio da China
A Unita Cooperativa Central, de Ubiratã, voltada à produção de aves, vai exportar para China. A cooperativa está entre as 13 plantas frigoríficas brasileiras habilitadas para vender carnes ao país asiático, conforme comunicado do órgão sanitário chinês enviado ao Ministério da Agricultura.

Saúde no Sudoeste
O deputado Luiz Fernando Guerra (PSL) confirmou a liberação de R$ 3,6 milhões às 42 cidades do Sudoeste. O dinheiro será usado em ações de atenção e vigilância em saúde, equipamentos e obras.

Agropecuária

A ministra Tereza Cristina (Agricultura) confirmou o entendimento com a Climate Bonds Initiative para desenvolvimento do mercado de títulos verdes do setor agropecuário brasileiro. O Mapa busca estimular novas fontes de financiamento da agropecuária brasileira, promovendo práticas e tecnologias sustentáveis.

Três oitão
O presidente Jair Bolsonaro anunciou 38 como número escolhido para representar o Aliança pelo Brasil. “O número escolhido é o 38. Acho que é um bom número, né?  Não tinha muitas opções. O número 38 é um número mais fácil de gravar”.

 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO