Ecoville – Maior rede de limpeza
Ford Show Rural
Elio Migliorança

Entre aspas

As aspas ou vírgulas dobradas são sinais de pontuação usadas para realçar certa parte de um texto. No meu caso o texto a seguir será colocado na íntegra entre aspas. Não confundir este entre aspas com a famosa banda portuguesa Entre Aspas, que na década de 1990 alcançou fama na música moderna portuguesa com um estilo pop rock.

Neste último artigo de 2016 o objetivo é agradecer a todos que leram, apoiaram ou questionaram os temas abordados, enriquecendo o debate com seu ponto de vista, artigos que após sua publicação são veiculados na Rádio Santa Rosa FM, nas redes sociais e enviados via e-mail para mais de 400 leitores espalhados pelo Brasil.

Casa do eletricista MINIESCAVADEIRA

A diversidade dos temas abordados se deve aos inúmeros fatos que foram notícia neste ano e aos problemas enfrentados pelo povo brasileiro. O avanço das investigações da Operação Lava Jato e outras em andamento revelaram criminosos esquemas de corrupção montados por sucessivos governos e que nos deixaram abismados ao descobrirmos que somos vítimas de quadrilhas instaladas no poder, que assaltaram os cofres públicos roubando bilhões de reais dos impostos que pagamos.

A presidente da República foi cassada, o atual presidente caminha na mesma direção e finalmente a Lava Jato está chegando ao coração da corrupção que está no Congresso Nacional.

Também foram desvendados esquemas criminosos nos municípios. Em Foz do Iguaçu 80% da Câmara de Vereadores está na cadeia, o prefeito está em prisão domiciliar e o prefeito eleito não vai assumir. Fatos semelhantes ocorrem em centenas de outros municípios brasileiros. Isso mostra que a corrupção contaminou a administração pública em todos os níveis.

Descobrimos salários escandalosos nas três esferas do poder e o brilhante trabalho feito pelo juiz Sérgio Moro está sendo seguido por outros magistrados e assim, a cada dia, novos criminosos são encarcerados.

É importante destacar o papel da imprensa neste processo todo. A independência com que muitos órgãos de imprensa atuam abriu espaço para manifestações diversas que contribuem para o desenvolvimento do espírito crítico da população. As redes sociais também merecem destaque por ser um meio de comunicação instantâneo e sem a tutela governamental, tornando-se instrumento de pressão sobre os poderes constituídos para que cumpram o seu dever.

De minha parte envio milhares de abrações e agradecimentos a todos que nos incentivaram, apoiaram e contribuíram com suas preciosas opiniões para enriquecer os temas abordados. Quando este artigo vai para as redes sociais registra milhares de acessos e de opiniões que enriquecem o debate e o conhecimento.

A direção deste jornal sempre respeitou a opinião manifestada e jamais interferiu na redação do mesmo. Meu reconhecimento e agradecimento a esta parceria construída ao longo dos últimos 20 anos. Se não conseguimos mudar o rumo dos acontecimentos, mas o fato de podermos debater tais temas e interagir semanalmente ajudou a desenvolver nosso espírito crítico e a construir cidadania.

Juntos somos mais fortes. Portanto, a todos que neste ano leram ou opinaram sobre os temas abordados um forte abraço, um Natal cheio de paz, alegria e fraternidade e que Deus abençoe todos os projetos que temos para 2017, transformando-os em realizações. E tenhamos esperança de que podemos construir um futuro melhor para todos.

 

miglioranza@opcaonet.com.br

TOPO