Copagril – Sou agro com orgulho
Editorial

Esporte carregado de esperança

O esporte é uma das áreas que nos faz perceber com um pouco mais de clareza que o mundo está se desfazendo, paulatinamente, da pandemia causada pela Covid-19.

O coronavírus colocou o mundo em alerta, em letargia, em março de 2020, há mais de 16 meses, e desde então os países vêm retomando, também paulatinamente, suas rotinas, que foram duramente alteradas por essa terrível doença.

Casa do Eletricista VERÃO 2022

Restaurantes fechados, lojas fechadas, escolas fechadas, atividades esportivas, missas e cultos suspensos. Depois, desemprego, falência de comércios, mortes e mais e mais restrições se sucederam. Até a vacinação começar a dar resultados.

Nied 2022 C

Ainda longe do ideal para retomar a vida “normal”, com inúmeros de casos, internações e mortes pela doença, o Brasil e o mundo indicam que em alguns meses poderemos estar livres das máscaras. Por isso, as atividades esportivas começaram a ganhar mais chance.

CombateMax – Normal

As Olimpíadas, que seriam realizadas no ano passado, em Tóquio, começam em pouco mais de dez dias. Sim, sem público, já que o Japão imunizou pouca gente, mas é o mais importante evento esportivo mundial sendo realizado, colocando frente a frente os mais importantes atletas do mundo, para fazer lembrar que temos outras batalhas para vencer que não essa inafortunada Covid-19, para fazer lembrar que há prazeres na vida.

E o que dizer de Brasil e Argentina na final da Copa América? Messi, Neymar e seus companheiros duelam para vencer o mais importante campeonato do continente. A vitória, seja de que lado for, nos permite acreditar na vida que vence a morte, que triunfa sobre o caos.

Já a Eurocopa nos faz acreditar no novo normal. O campeonato de seleções daquele continente foi disputado com a presença de público nos estádios. Verdadeiramente, foi até estranho rever as pessoas aglomeradas nas arquibancadas. A final, entre Itália e Inglaterra, é neste domingo (11).

E tem ainda o Campeonato Brasileiro, com Internacional e Grêmio fazendo os inúmeros torcedores de Marechal Cândido Rondon sofrerem um bocado. O Colorado não embala, está em 14º lugar, já o Grêmio está na lanterna, com míseros 2 pontos e nenhuma vitória. Como no casamento, no futebol é estar junto na alegria e na tristeza.

Tem ainda Copa Libertadores da América, Copa Sul-Americana, Copa do Brasil. Para quem gosta de esporte, opções não faltam.

A nota triste do esporte fica por conta do acidente que aconteceu ontem (08) com a delegação do Umuarama Futsal, que tenta contra o time de Jaraguá do Sul (SC) uma vaga nas semifinais da Copa do Brasil.

O esporte parece ser parte de um mundo possível que estamos resgatando à medida que mais pessoas são vacinadas. Aos poucos, como já acontece em algumas partes do mundo, a rotina pré-Covid poderá ser retomada no Brasil.

A vacinação avança e traz consigo a esperança de dias melhores para o resto de nossas vidas. Não foi fácil passar por tudo que passamos, não está sendo fácil para ninguém. Ainda estamos em meio a uma pandemia, mas parece mais nitidamente que agora a humanidade está vencendo.

Grupo Costa Oeste 2021

 

TOPO