Coluna ADI-PR

Ex-ministro Moro recebe apoio de governadores e de políticos paranaenses

Moro fora

Sérgio Moro anunciou, por meio de coletiva de imprensa, que está deixando o cargo de Ministro da Segurança Pública. Moro declarou que não concorda com as medidas tomadas pelo presidente Jair Bolsonaro, de exonerar o diretor-geral da PF. “Soube da exoneração por meio de diário oficial, em momento nenhum fui consultado da decisão, não assinei a exoneração, não pretendo compactuar com qualquer afronta ao Estado democrático de direito”.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

 

(Foto: Divulgação)

 

Apoio no Paraná

“Sérgio Moro é o maior paranaense da história recente, orgulha o Estado e o Brasil. Como juiz e como ministro ajudou a combater a corrupção no país. Lamento muito a sua saída do Ministério da Justiça e Segurança Pública, mas tenho certeza de que ele vai continuar contribuindo com a nação em outros desafios. O Paraná te recebe de braços abertos!”, do governador Ratinho (PSD) nas redes sociais.

 

Braços abertos

Os braços abertos de Ratinho Junior levou os políticos do centro cívico a especularem uma possível “super secretaria” para Moro. Os governadores Wilson Witzel (PSC-RJ) e Carlos Moisés (PSL-SC) convidaram Moro a integrar os governos do Rio de Janeiro e Santa Catarina.

 

Eu também

Manifestaram apoio a Moro o prefeito de Curitiba, Rafael Greca (DEM), o deputado Ney Leprevost (PSD), secretário da Família, Justiça e Trabalho, o senador Alvaro Dias (Pode) e deputado Toninho Wandscheer (Pros), vice-líder do governo no Congresso, o qual disse que Bolsonaro é um “presidente autoritário sem autoridade”.

 

Dia ruim

O deputado Paulo Martins (PSC) reagiu com descontentamento ao pedido de demissão do ministro da Segurança Pública. “Eu disse e vou repetir, se a esquerda comemora isso não é bom. Dia muito ruim para o Brasil”.

 

Pedido

O deputado Aliel Machado (PSB) entrou com um pedido de criação de uma CPI para apurar a interferência do presidente Jair Bolsonaro nas investigações da Polícia Federal. O pedido é fundamentado nas declarações do ex-ministro da Justiça, Sérgio Moro, que afirmou que Bolsonaro teria decidido trocar o comando da PF para ter acesso às investigações da corporação.

 

Mais recursos

O deputado Toninho Wandscheer (Pros) destacou o trabalho da bancada federal paranaense na busca de recursos junto ao governo federal no combate ao coronavírus. São R$ 451 milhões viabilizados, 331 milhões para atender as 399 cidades paranaenses e R$ 120 milhões para a Secretaria Estadual Saúde. Só para Curitiba, foram destinados R$ 182 milhões.

 

Prática abusiva

O Procon já registrou mais de 16 mil atendimentos desde o início da pandemia do coronavírus, um aumento de 30%  em relação ao mês anterior à pandemia. Só sobre preços abusivos, o órgão de defesa do consumidor recebeu mais de 2,8 mil denúncias. “Se constatada a prática abusiva, os fornecedores estão sujeitos à multas que variam de R$ 800 a R$ 8 milhões”, disse a chefe do Procon, Claudia Silvano.

 

Respiradores

Paranavaí recebeu 10 respiradores que serão usados por pacientes com Covid-19 na Santa Casa. A cidade tem até o momento 20 casos confirmados da doença.

 

Ensino à distância

No Paraná, o ensino à distância já está funcionando. TV Aberta (TV Record/RIC), Youtube (no canal Aula Paraná), aplicativo Aula Paraná (disponível para Android e iOS) e o Google Classroom são os meios de transmissão. A Secretaria da Educação também providenciou pacotes 3G e 4G com as operadoras Claro, Oi, Vivo e TIM para que alunos, professores e funcionários da rede possam usar os dados gratuitamente sem gastar seus pacotes pessoais de internet.

 

Cloroquina

O Conselho Federal de Medicina (CFM) autorizou o uso de cloroquina e hidroxicloroquina em pacientes que apresentam quadros leves e diagnosticados Covid-19, a doença causada pelo coronavírus. Até então, a orientação do Ministério da Saúde previa a prescrição do medicamento apenas em pacientes graves.

 

Cloroquina II

Há uma ressalva por parte do CFM. A publicação pede que a prescrição médica deve ser feita em decisão acompanhada pelo paciente e seguida de orientações específicas. “O profissional fica obrigado a explicar ao doente que não existe, até o momento, nenhum trabalho científico, com ensaio clínico adequado, feito por pesquisadores reconhecidos e publicado em revistas científicas de alto nível, que comprove qualquer benefício do uso das drogas para o tratamento da Covid-19″.

 

Fies

O deputado Rubens Bueno (Cidadania) apoiou a aprovação do projeto que suspende os pagamentos devidos ao Fies por 60 dias. Os parlamentares aprovaram o texto base, mas sugestões de alterações para ampliar o benefício serão analisadas na próxima semana. “Muitos estudantes e suas famílias estão tendo até dificuldades para o sustento da família. Nada mais justo do que suspender a necessidade de pagamento das parcelas do Fies”.

 

Novos leitos

Hospital Regional Universitário dos Campos Gerais, em Ponta Grossa, terá a ampliação  da capacidade de leitos. Parte dos recursos vem de emendas de parlamentares e também terá investimento do Estado, num valor total de R$ 28 milhões.“É um momento histórico, aguardávamos há anos a possibilidade de ter um hospital de referência para esses pacientes, elevando de categoria o hospital municipal”, disse o prefeito Marcelo Rangel (PSDB).

 

Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO