Copagril
Casa, bem me quer casa

Gelado de Amoras e Ricota

Ooiii!!

Amoras…

Voltar a ser criança.
Caminhar livre pelo verde que me enche de frescura. Respirar o azul do céu rasgado pelo fogo brilhante do sol…
Sim, foste tu. Tu que me roubas os sorrisos e me deste a conhecer o outro lado da vida. A vida simples. Aquela onde vagueamos pelos campos e me ensinas a distinguir as árvores. Aquela onde vamos juntos visitar os feijoeiros e os tomateiros, as alfaces viçosas e as courgettes em flor. Aquela onde apanhamos amoras das silvas como duas crianças gulosas num final de tarde de verão.
Se em pequena as devorava todas antes do regresso a casa, agora trago-as comigo e faço-te um gelado, para saborearmos o verão juntos, sempre que nos apeteça!
🙂

Gelado de Amoras e Ricota

Ingredientes para a compota de amora

250g de amoras silvestres
sumo de 1/2 limão
100g de açúcar

Ingredientes para o creme

250g de queijo ricotta (1 embalagem)
1 iogurte grego natural (usei natural)
1 c.sopa de mel ou agave

Cones para servir (quem quiser)

Preparação

1. começar por preparar a compota ligeira: levar ao fogo as amoras com o sumo de limão e o açúcar, mexendo com uma colher de pau até o açúcar se dissolver.

2. quando levantar fervura, deixar cozinhar em fogo brando cerca de 10 a 15 minutos, mexendo de vez em quando para as amoras não se colarem ao fundo da panela, até o suco libertado pelas amoras reduzir um pouco e estas estarem bem amolecidas, esmagando algumas amoras com as costas da colher.

3. retirar do fogo e deixar a compota esfriar.

4. entretanto, num recipiente, envolver suavemente o queijo ricotta com o iogurte e o mel/agave.

5. envolver a compota com o preparado da ricota,  até a mistura estar homogênea, e levar ao freezer.

6. de 30 em 30 minutos bater e misturar bem, para quebrar eventuais cristais de gelo.

 

TOPO