Ecoville – Maior rede de limpeza
Paraná Produtivo - ADI-PR

Líder no setor de supermercados, grupo vai erguer 1º empreendimento industrial: o Muffato Foods

Muffato em Cambé

O Grupo Muffato anunciou no final do ano passado a instalação de uma indústria de alimentos que vai gerar 650 empregos diretos em Cambé, na região metropolitana de Londrina. O investimento de R$ 170 milhões foi anunciado em um evento na prefeitura da cidade. Líder no Estado no setor de supermercados, o grupo vai erguer o primeiro empreendimento industrial, chamado de Muffato Foods.

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

 

Para este ano

A previsão é que este estabelecimento produza 255 toneladas de alimentos por dia. Serão 40 mil metros quadrados de área construída na Rodovia Mello Peixoto, km 164. O complexo ficará ao lado do centro de distribuição do grupo, já existente. A obra será erguida em duas etapas. A primeira, com foco no processamento de proteína animal, tem previsão para ficar pronta ainda este ano. A segunda, para processamento de proteína vegetal, começa a sair do papel logo em seguida.

(Foto: Divulgação)

 

Mandioca

O longo período de estiagem no segundo semestre de 2019, que atrasou o plantio em parte das regiões do Centro-Sul, pode resultar em menor produtividade das raízes a serem colhidas ao longo deste ano, segundo informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Universidade de São Paulo. Esse cenário deve reduzir a oferta de mandioca para as indústrias de fécula e de farinha. Para este primeiro semestre, estimativas do Cepea indicam que é baixa a disponibilidade de mandioca de dois ciclos para abastecer o mercado.

 

Balança comercial

A balança comercial brasileira (subtração do volume de importações do total de exportações) fechou 2019 com um superávit de US$ 46,674 bilhões. O saldo positivo foi o menor desde 2015, quando a balança fechou em superávit de US$ 19,5 bilhões. Segundo a Secretaria de Comércio Exterior do governo federal, as maiores reduções nas exportações estão nas vendas de produtos manufaturados como automóveis, autopeças, veículos de carga e plataformas para extração de petróleo.

 

Lagarta-do-cartucho

A startup norte-americana Provivi vai investir R$ 25 milhões este ano no Brasil para oferecer uma solução natural de controle de pragas. O alvo é a lagarta-do-cartucho (Spodoptera frugiperda), que ataca milho, soja e algodão. Será empregada uma solução à base de feromônios, que interferem na reprodução do inseto. O brasileiro Pedro Coelho, um dos fundadores da Provivi com Frances Arnold, Prêmio Nobel de Química, e Peter Meinhold, diz que a técnica já é bastante usada na fruticultura. Entre os investidores, cujo aporte já soma US$ 140 milhões desde 2013, estão Corteva e Basf Venture Capital.

 

Capal em Wenceslau Braz

A Cooperativa Capal adquiriu a unidade de beneficiamento de sementes da empresa Bocchi, em Wenceslau Braz. O empreendimento de mais de sete mil metros quadrados fica localizado na PR-092 e tem capacidade de produção de 600 mil sacas por ano, nas safras de verão e inverno. A negociação ampliará a capacidade da cooperativa de produzir sementes para 750 mil sacas por ano.

 

Segunda aquisição

Esta é a segunda aquisição da cooperativa no ano. Em julho, a Capal assumiu o controle das cafeeiras São Carlos e Benetti Coffee, com matriz em Pinhalão. As cafeeiras fazem a torrefação de 432 mil quilos do grão por ano. A expectativa é, em um primeiro momento, saltar para 800 mil quilos/ano e, depois, 1,8 milhão de quilos. Atualmente, a cooperativa produz sementes de trigo e soja, mas o catálogo será ampliado para aveia, sorgo, feijão, entre outros.

 

Copel no Mato Grosso

A Copel recebeu autorização da Agência Nacional de Energia Elétrica para iniciar a operação comercial da terceira unidade geradora de energia da Usina Hidrelétrica Colíder, instalada no Rio Teles Pires, em Nova Canaã do Norte (MT). A instalação conta com três unidades geradoras – cada uma com 100 MW de potência – e pode produzir energia suficiente para atender às necessidades de consumo de um milhão de pessoas.

 

Fusões e aquisições

O agronegócio brasileiro deverá ser foco de investidores nacionais e estrangeiros este ano. De acordo com Gerson Charchat, sócio da Strategy&, braço de estratégia da PwC, fusões e aquisições de empresas do setor agropecuário no Brasil tendem a crescer 15%. “Essa projeção está baseada no crescimento do PIB, na performance passada do segmento, taxa de juros baixa, presença de players internacionais e de empresas pequenas com alta tecnologia, as agritechs”, resume. A expectativa é de outras transações em 2021.

 

Últimos cinco anos

Levantamento realizado pela PwC mostra que pelo menos 270 negócios desta modalidade foram fechados nos últimos cinco anos. Os setores de produção e processamento responderam por 169 das operações de fusões e aquisições em cinco anos. Depois, vieram transporte e armazenagem, com 35; nutrição animal, com 21; e bioenergia, com 14. Somados, esses segmentos representam 85% do que foi realizado desde 2014.

 

MSD Saúde Animal

A norte-americana MSD Saúde Animal acabou de adquirir a Vaki, companhia de equipamentos de monitoramento de vídeo para peixes, da companhia de tratamento de água Pentair. Aquisições fazem parte da estratégia da MSD. Em dezembro de 2018, a companhia anunciou a compra do Grupo Antelliq para ampliar as soluções de identificação, rastreabilidade e monitoramento digital de animais. Já em março de 2019, adquiriu a Scan Aqua AS, empresa de saúde e bem-estar de peixes com sede na Noruega. Somente o negócio com a Antelliq envolveu 2,1 bilhões de euros.

 

Carne colombiana

Quatro fábricas de processamento de carne bovina colombianas receberam a certificação fitossanitária para exportação para a Arábia Saudita. No ano passado, o reino do Oriente Médio importou quase 85 mil toneladas de carne bovina. Os principais fornecedores do mercado são Brasil, Índia e Austrália. Diplomatas colombianos indicam que estão atualmente trabalhando para certificar as exportações colombianas de carne bovina para o Kuwait, União Europeia, Canadá, Indonésia, Estados Unidos, China, Argélia e Cingapura.

 

Trator Solidário

O Programa Trator Solidário proporcionou ano passado economia de cerca de R$ 17 milhões para os agricultores familiares paranaenses que, até o início de dezembro, adquiriram 812 máquinas agrícolas entre tratores, pulverizadores e colhedoras. O valor é resultado do desconto negociado com as fabricantes e concessionárias. O programa é administrado pela Secretaria Estadual de Agricultura em parceria com o Instituto Emater, Fomento Paraná, agentes financeiros oficiais, cooperativas de crédito e fabricantes de implementos, equipamentos e tratores. Os beneficiários não podem ter propriedade que ultrapasse quatro módulos fiscais e nem renda bruta anual superior a R$ 415 mil, oriunda da atividade agrícola.

 

Voos extras

A Azul Linhas Aéreas disponibilizará voos extras por Campinas e Porto Alegre no período de 03 a 07 de fevereiro de 2020 para atender o aumento de demanda provocado pelo Show Rural Coopavel. O 32º Show Rural Coopavel acontecerá em uma área de 72 hectares na BR-277, na saída para Curitiba – dez quilômetros do centro de Cascavel. Serão 650 expositores com expectativa de 250 mil visitantes. A estimativa de movimentação financeira para os cinco dias de evento é de R$ 2 bilhões.

 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br 

 

 

TOPO