Coluna ADI-PR

Lideranças discutem sobre destinação de recursos para fomentar geração de empregos e comércio

Prioridades

O governador Ratinho Junior, secretários estaduais e deputados federais se reuniram virtualmente para tratar sobre a vinculação das emendas parlamentares ao Orçamento da União de 2021. Uma das prioridades discutidas foi a necessidade de alocar recursos para projetos que fomentem a geração de empregos e o comércio local.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

(Foto: José Fernando Ogura/AEN)

 

Recursos

Segundo o deputado federal Toninho Wandscheer (PROS), líder da bancada paranaense, em 2021 serão destinados ao Estado pelo menos R$ 265 milhões em recursos da bancada paranaense, além de cerca de R$ 16 milhões de emendas individuais. Esses recursos se somam a investimentos que estão em andamento, como os R$ 73 milhões em ônibus do transporte escolar e os R$ 79 milhões para maquinário agrícola, além de R$ 24 milhões para consórcios de Saúde.

 

Anticrime

Depois de breve período de meditação e silêncio, o ex-ministro Sérgio Moro saiu para o campo ofensivo. Moro defendeu que seja revisto o trecho do “pacote anticrime que levou à soltura do mega traficante”. “Este é o momento de discutir a revisão dessa parte da lei, ou pelo Congresso ou pelos tribunais”, sugeriu o ex-ministro. “Daqui a pouco pode ter assassino sendo solto”. Com a sua fala, o ex-juiz reergue e dá novo fôlego às bandeiras anticrime e anticorrupção.

 

Vacina

Margareth Dalcolmo, pneumologista pesquisadora da Fiocruz, não acredita que o Brasil terá alguma vacina contra Covid-19 neste ano. “O que está ocorrendo é uma situação nova, com muito empenho de grupos de qualidade. Mas nossa grande preocupação é que nenhum órgão regulatório autorize só por conta da pressão”, afirmou Margareth.

 

Vacina II

Técnicos do Ministério da Saúde estão preocupados com a politização em torno da vacina contra o coronavírus e a possibilidade de o governo federal discriminar a que está sendo produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. O principal receio é o de que aspectos técnicos sejam deixados de lado por conta do antagonismo político.

 

Aptos a votar

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, neste ano, 147.918.483 pessoas estão aptas a votar, um crescimento de 2,66% em relação às eleições municipais de 2016. Na divisão por gêneros, as mulheres somam 77.649.569 eleitores (52,49%) do total. Os homens totalizam 70.228.457 eleitores (47,48%). Outras 40.457 pessoas não declararam o gênero, representando 0,03% do eleitorado.

 

Sem biometria

Por causa da pandemia de Covid-19, a Justiça Eleitoral excluiu a biometria como meio de identificação nas eleições deste ano. Mesmo assim, a coleta dos dados biométricos continuou a aumentar em 2020. Em dezembro do ano passado, pouco mais de 113,5 milhões de pessoas tinham feito o procedimento, o equivalente a 76% do eleitorado. Em agosto deste ano, quando foi encerrado o registro para as eleições municipais, 117.594.975 pessoas estavam identificadas pela biometria, 79,5% do eleitorado.

 

Sabatina

O Senado retoma as atividades legislativas com a semana de esforço concentrado para a sabatina de autoridades, após duas semanas do chamado “recesso branco”, a interrupção extraoficial dos trabalhos legislativas em função do período de campanha eleitoral. Entre as análises está a indicação do desembargador Kassio Nunes Marques para o Supremo Tribunal Federal.

 

Agepar

Os deputados que integram a Comissão de Obras, Transportes e Comunicação da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) se reúnem, de forma virtual, amanhã (21) para realizar a sabatina com o ex-secretário de Estado, Reinhold Stephanes, indicado do Governo do Estado para assumir a função de diretor-presidente da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar).

 

Economia

A Klabin anunciou um movimento que pode dar fim aos royalties milionários que a companhia paranaense tem para usar a própria marca. A empresa Sogemar ofertou a cessão da marca e com o investimentos BNDES (BNDESPar) a Klabin tem uma grande chance de comprar sua própria marca. A Klabin gastará neste ano R$ 67 milhões em royalties.

 

Desistência

Em meio à pandemia do coronavírus, instituições privadas de ensino superior viram, além do aumento no número de alunos com mensalidades em atraso, o crescimento na quantidade de estudantes que optou por desistir do curso, seja de maneira temporária ou definitiva. Em números absolutos, 608 mil alunos desistiram ou trancaram matrícula no primeiro semestre de 2020, 83 mil a mais que no mesmo período de 2019.

 

Rede nacional

A ideia da professora Ana Paula Tavella, de Bandeirantes, chefe do Regional do Núcleo de Cornélio Procópio, foi demonstrada em veículos de comunicação da rede nacional. A iniciativa é que os moradores possam doar celulares usados para estudantes que não têm condições de comprar e por isso só vinham acompanhando as aulas pelo material impresso. “O celular faz com que o aluno hoje tenha atividade diária. O ideal seria que todos tivessem o aparelho”, conta a professora.

 

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO