Copagril – Sou agro com orgulho
Editorial

Luz verde aos eventos

Quem tem saído às ruas nos últimos dias tem notado o movimento cada vez maior de pessoas. Restaurantes já estão cheios novamente, bares também começam a ficar mais lotados, entre outras situações que estão, aos poucos, descortinando uma volta ao normal, ou a experiência com o novo normal.

A vacinação das pessoas e a queda no número de casos, mortes e hospitalizações têm permitido que as regras de combate à pandemia sejam flexibilizadas, dando às pessoas mais opções de compras, lazer e convivência.

Casa do Eletricista ROWA

Ainda há uma luta pela frente, ainda os cuidados precisam ser tomados, mas, observe-se, a situação já foi muito, mas muito pior.

Nied 2021 J1

As pessoas estão ávidas por encontros, por eventos, por reuniões e festas. As pessoas querem trabalhar, sair de casa, se divertir, se reencontrar umas com as outras. Não por menos. Até aqui, já se passaram 19 meses desde que essa pandemia começou.

Combate Max Natal

Na última quinta-feira (30) foi publicado no diário oficial da Prefeitura de Marechal Cândido Rondon mais um afrouxamento para essa nova etapa das nossas vidas. Está liberada a realização de eventos com lotação de 50% da capacidade prevista para o local, desde que se observe o limite de 500 pessoas, sentadas ou em áreas delimitadas, usando máscara. Medida que valida o que o Estado já havia feito, com a atualização das normativas e mais flexibilizações.

Rui Sonho nov/dez 2

As restrições que vêm sendo diminuídas, nos últimos dias, estão tendo reflexos imediatos. Agendas lotadas e eventos programados, prontos para serem realizados.

Empresas especializadas em festas e outros eventos estão com agendamentos praticamente esgotados para este ano e já abriram a agenda do ano que vem. Festas de aniversário e casamentos estão entre as maiores procuras, uma vez que muitos planos tiveram que ser adiados por causa da Covid-19.

No entanto, muita gente que trabalha com o ramo de eventos está cautelosa, já que a retomada, até que tudo seja liberado como antes da pandemia, vai acontecer gradualmente. Mesmo assim, sentem que os clientes estão mais confortáveis para organizar suas festas novamente.

Mais que simplesmente fazer festa, se reunir, o cenário atual nos coloca diante da retomada do setor de eventos, uma atividade econômica de suma importância, que emprega milhares de pessoas. Músicos, fotógrafos, técnicos de som e imagem, confeiteiros e cozinheiros, garçons, seguranças, costureiras, profissionais dos centros de estética, donos de empresas especializadas e seus colaboradores e outra porção de profissionais que começam a ver suas atividades sendo retomadas e, assim, enxergam a possibilidade de reaver seus empregos, suas funções e suas rendas.

Grupo Costa Oeste 2021

O cenário está bem melhor, as perspectivas estão bem mais positivas, mas não se pode esquecer que a pandemia não acabou. O risco da doença, tão cruel e que tanto tem causado sofrimento e angústia, ainda existe. É preciso evitar o contato físico, usar máscara e higienizar as mãos com frequência. E tão importante quanto é tomar a segunda dose da vacina. Se chegou a sua vez, faça sua parte. Proteja a si, aos outros e, de quebra, ajude a sociedade a voltar ao que era antes, ainda que seja aos poucos.

TOPO