Coluna ADI-PR

Municípios do Paraná vão receber R$ 1,3 bilhão para incrementar ações de combate ao novo coronavírus

Rodovia

O secretário Sandro Alex (infraestrutura) acompanha o andamento do trabalho na PR-364. “Uma pedido de quase 50 anos. Por meio de ordem de serviço assinada no ano passado pelo governador Ratinho Junior estarmos construindo esta rodovia PR-364 entre Irati e São Mateus do Sul. Serão mais de R$ 100 milhões investidos. Estamos acompanhando todo o trabalho para certificar a qualidade da rodovia que será entregue aos paranaenses”.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

 

(Foto: Divulgação)

 

Combate ao coronavírus

Do aporte de R$ 125 bilhões para Estados, municípios e Distrito Federal incrementarem ações no combate ao coronavírus, as 399 cidades do Paraná vão receber diretamente R$ 1,3 bilhão e os 25 municípios da região de Campo Mourão, mais de R$ 38 milhões. O pagamento será realizado em quatro parcelas. “Nesse momento de crise, as prefeituras vão ampliar o atendimento da população e reforçar seus quadros de profissionais de saúde, além de equilibrar as contas devido a queda de arrecadação”, explicou o deputado Rubens Bueno (CDN).

 

FunSaúde

Tramita na Assembleia Legislativa projeto de lei do deputado Anibelli Neto (MDB) que destina 50% dos valores pagos (a título de outorga) pelas concessionárias de pedágio ao Fundo Estadual de Saúde. Anibelli afirma que no Brasil tem se discutido um novo modelo de contrato de concessão de rodovias, pelo qual o poder público estabelece um patamar de preço da tarifa e, vencendo a licitação, a empresa paga, a título de outorga onerosa, a maior quantia.

 

Ibiporã

A deputada Luísa Canziani (PTB) destinou R$ 200 mil, através, para a atenção especializada do Hospital Cristo Rei em Ibiporã. “O apoio aos municípios paranaenses é uma bandeira do nosso mandato. Tenho certeza que este recurso será importante e um diferencial no atendimento à população”.

 

Pesquisa

O ministro Marcos Pontes (Marcos Pontes) afirmou que o governo está investindo de R$ 100 milhões em pesquisas para combate à Covid-19. Pontes acrescentou que foram liberados R$ 352 milhões para laboratórios estão aportados mais R$ 600 milhões pela  Finep para essa finalidade.

 

Vouchers

A partir da próxima semana, 43 mil famílias inscritas no CadÚnico (cadastro único) começam a receber o voucher do programa Comida Boa em Londrina. Por meio de um cartão com leitura eletrônica, no valor de R$ 50, os beneficiários poderão adquirir alimentos em mercados que aderiram ao programa. O total de cartões que a cidade recebeu representa o montante de R$ 2.146.900,00, que serão injetados na economia local.

 

Vouchers II

Nas 46 cidades do Norte Pioneiro, 76.511 famílias poderão receber o voucher do programa estadual. “Ação que complementa por três meses os R$ 600 do auxílio emergencial federal. Mais de um milhão de famílias – até cinco milhões de paranaenses têm direito a receber o benefício”, disse o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), que representa a região. O montante chega a R$ 3,8 milhões.

 

Dúvidas

“Cada prefeitura divulgará a forma de acesso do benefício que tem a possibilidade ser prorrogado. As dúvidas e consulta sobre os estabelecimentos cadastrados podem ser feitas através do www.cartaocomidaboa.pr.gov.br”, completa Romanelli.

 

Reabertura

A prefeitura de Maringá publicou a autorização para a reabertura de shoppings e cerimônias religiosas, como missas e cultos.  Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Maringá tem 63 casos confirmados e seis mortes em razão da Covid-19. “No decreto está o gatilho automático de lockdown que pode ser disparado”, antecipa o prefeito Ulisses Maia (PSD). “À medida em que ocorrer qualquer risco, como taxa de ocupação de UTI, o gatilho será disparado implantando lockdown ou paralisação das atividades”, diz.

 

Turismo

O presidente Jair Bolsonaro editou MP que libera R$ 5 bilhões para o setor de turismo. Em abril, o ministro Marcelo Álvaro Antônio (Turismo) afirmou que o governo federal abriria um crédito emergencial para empresas do ramo, incluindo micros e pequenos negócios. Os R$ 5 bilhões serão usados para a abertura de novos empréstimos durante a pandemia do coronavírus.

 

Por etapas

A prefeitura de Foz do Iguaçu anunciou a reabertura dos hotéis da cidade e da visitação ao Parque Nacional do Iguaçu. O prefeito Chico Brasileiro (PSD) informou que pretende focar numa retomada mais forte do turismo a partir do dia 10 de junho, no aniversário da cidade. A primeira etapa terá o foco nos protocolos de segurança sanitária para os empreendimentos da hotelaria, atrativos turísticos, gastronomia, eventos, transporte turísticos e agências de viagens.

 

Home office

Estima-se que no Brasil, 60% dos trabalhadores migraram para o home office. A tarefa desafiadora para boa parte das famílias tem sido dar conta do trabalho no ambiente doméstico e cuidar das crianças. Especialistas indicam que os adultos não cobrem demais de si mesmos e nem dos filhos, procurem dialogar e aproveitem ao máximo a inesperada proximidade causada pela pandemia.

 

Guia

A Confederação Nacional lançou um guia com orientações para o momento da retomada das atividades econômicas no Brasil após a quarentena. O objetivo é ajudar os empresários na reabertura dos negócios, com sugestões de procedimentos práticos nas áreas tributária, trabalhista, financeira e sanitária, entre outras.

 

Retomada

O governador Ratinho Júnior (PSD) espera a retomada da atividade econômica deve começar a funcionar em agosto, com a perspectiva da diminuição dos casos da Covid-19. Ratinho Junior propõe ampliar os investimentos públicos com a execução de obras que geram empregos nos municípios e tornar a administração mais eficiente para impulsionar a economia.

 

Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO