Brincando na Praça 2019
Coluna ADI-PR

Nenhuma outra cidade brasileira tem tantos restaurantes populares como Toledo

Restaurantes populares
Com 135 mil moradores, a cidade de Toledo mantém seis restaurantes populares. Nenhuma outra cidade brasileira tem tantas unidades, nem mesmo São Paulo, com mais de 12 milhões de habitantes. Nos seis restaurantes são servidas 20 mil refeições por mês e os preços variam entre R$ 2 e R$ 8. São R$ 2 para quem tem cadastro único, deficientes e estudantes, R$ 4 para idosos, desempregados e quem ganha até dois salários mínimos e R$ 8 para os demais.

 

Amor inesquecível

Casa do Eletricista SORTEIO DE VERÃO

O prefeito Chico Brasileiro (PSD) lançou a campanha institucional “Foz do Iguaçu e você, um amor inesquecível” para promover o destino turístico no Brasil e exterior. A cidade fechou o primeiro semestre com novo recorde de visitação nas Cataratas do Iguaçu. O Parque Nacional do Iguaçu recebeu 908.097 visitantes, crescimento de 6,4% em relação ao ano passado. A visitação do primeiro semestre indica que o atrativo chegará a um milhão de turistas antes da marca alcançada no ano anterior. Em 2018, foram mais de 1,8 milhão de turistas.

 

Desconto na tarifa
Na assinatura do contrato com a Sanepar, o prefeito de Leópolis, Sandrinho Ribeiro (PSD), garantiu o desconto de 50% sobre a tarifa de água nos prédios públicos municipais pelo período de cinco anos. A medida vai trazer uma economia de R$ 150 mil no período.

 

Bancos aos sábados
O relatório da MP da Liberdade Econômica autoriza a abertura de agências bancárias aos sábados. O deputado Jerônimo Goergen (PP-RS), relator da medida, propõe a revogação de uma lei de 1962 que veta o expediente interno e externo de “estabelecimentos de crédito”. A medida já enfrenta resistência de sindicatos de bancários. A Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) diz que não comenta projetos em tramitação ou em debate.

Nova LRF
O Senado deve votar em agosto o projeto de lei que altera a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). De autoria do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), a proposta pretende “melhorar a arrecadação e evitar a sonegação fiscal”. O projeto prevê, entre outras medidas, que Estados e União especifiquem quais são os impostos de competência de cada esfera, o que dará mais eficácia à cobrança e consequente redução da sonegação fiscal.

 

Cirurgias eletivas
O Ministério da Saúde disponibilizou R$ 100 milhões em recursos adicionais para Estados e municípios ampliarem o número de cirurgias eletivas realizadas na rede pública de saúde. As cirurgias eletivas são procedimentos de média e alta complexidade sem caráter de urgência e emergência para todas as especialidades. Ao Paraná caberá R$ 5.451.623,50.

 

Copel e Aerp
A Copel renovou a parceria que mantém há 30 anos com a Aerp (Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná) para a veiculação de mensagens de utilidade pública sobre fornecimento, geração e transmissão de energia. O convênio foi assinado pelo governador Ratinho Junior, o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero; o presidente da Aerp, Alexandre Barros, e o secretário da Comunicação Social e da Cultura, Hudson José.

 

Convênio

A acordo anual prevê 11 inserções diárias nas 300 emissoras associadas à Aerp, o que dá 100 mil divulgações do por mês e um milhão por ano. “É muito difícil encontrar quem não ouve rádio. Essa parceria não é para falar bem do governador ou do governo, mas falar do Paraná. A relação rádio e Copel é muito importante para a sociedade, para informar as pessoas de forma rápida e gratuita”, afirmou Ratinho Junior.

Rombo
O setor público – governo federal, estadual, municipal e estatais – teve déficit no primeiro semestre de R$ 5,7 bilhões, diz o Banco Central. O desempenho é melhor do que no ano passado, quando o rombo foi de R$ 14,4 bilhões. Apesar de negativo, esse é o melhor resultado para o período desde 2015, quando houve superávit de R$ 16,2 bilhões.

 

800 mil vagas

O ministro Osmar Terra (Cidadania) assinou convênio com o Sesi para abertura de 800 mil vagas de ensino técnico voltadas a jovens de famílias atendidas no Bolsa Família. O investimento é de R$ 2,3 bilhões em capacitação.

 

Da Redação ADI-PR Curitiba
Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br 

TOPO