Ecoville – Maior rede de limpeza
Pastor Mário Hort

O que você reconhece como projeto de Deus? – 4ª parte

Encontrei o pastor Norberto Hort (meu irmão) em um congresso de pastores europeus e lhe perguntei: “Norberto, após 64 anos de vida, o que você reconhece como o mais importante ‘projeto’ de Deus para sua alma?”.
Norberto: “O maior projeto de Deus é a salvação que Deus oferece em Jesus, para todos. Porém, o projeto do Senhor para minha vida foi a graça que Deus me tocou, buscou ainda na infância. Isso começou aos cinco anos de idade, quando nossa vó nos levou para um momento de oração com um pastor, e novamente aos 12 anos, quando senti que Deus me chamava. Também aos 18 anos de idade, quando Deus me ajudou a tomar uma decisão muito clara em relação ao Senhor.
Outro momento decisivo foi quando recebi a oportunidade de estudar Teologia na Alemanha. Essa decisão esteve envolvida em muitos questionamentos, mas se tornou cada vez mais real para o meu futuro. Finalmente o momento mais importante, para entender o projeto de Deus, foi quando pude levar a salvação para outras pessoas.
Olhando para trás, devo dizer que o mais importante projeto de Deus foi a minha própria salvação e a de outras pessoas através do meu trabalho. Deus fez milagres em minha saúde e na saúde de minha esposa, contudo o projeto mais importante de Deus é saber que Ele é meu Criador, meu Deus e o meu Salvador. Tudo isso na certeza que o Espírito Santo me dá que em cada passo Ele está diante de mim”.

De que forma vocês reconheceram o projeto de Deus para vossa vida?
Perguntei ao pastor Sérgio Patzer: “Você se considera um projeto de Deus?”. Ele respondeu: “Eu me sinto como parte do todo. Deus é o Criador de todas as coisas, também do ser humano e eu sou humano. Gosto de pintar quadros, o que também é criar. Quando pinto um quadro necessito das combinações de cores e dos detalhes. No ‘projeto de Deus’ eu me vejo como uma pequena parte deste quadro. Todavia, os detalhes sempre são importantes. Sem eles algo estaria faltando. Eu não me sinto como o centro, nem como se eu fosse o quadro, mas sou um detalhe que não se pode simplesmente retirar do quadro. Os detalhes sempre representam o original, pois não se pode pintar o mesmo detalhe duas vezes, da mesma forma como não se pode repetir uma pessoa, pois não haverá outro pastor Mário, nem outro Sérgio. Cada pessoa é um original e todos estes ‘detalhes’ perfazem o quadro. Por essa razão eu me vejo como um pequeno, mas importante detalhe do projeto de Deus”, concluiu.
Considero a ideia do pastor Sérgio uma verdadeira “pérola” encontrada na entrevistas no encontro de pastores: “Cada pessoa é um original e todos estes ‘detalhes’ perfazem o quadro. Por essa razão eu me vejo como um pequeno, mas importante detalhe do projeto de Deus”.
A Escritura diz: “Porque somos criação de Deus realizada em Cristo Jesus, para fazermos boas obras, as quais Deus preparou de antemão para que nós as praticássemos”. Efésios 2:10

Casa do eletricista TRATAM. E ACESS.

 

ecosdaliberdade@yahoo.com.br

TOPO