Copagril
Isai Marcelo Hort

O real valor do matrimônio – parte 9

As comparações nos artigos anteriores foram apenas para simbolizar e ajudar na compressão de alguns detalhes. O matrimônio vale muito mais que qualquer automóvel e precisa de muito mais cuidado. “Nada, em toda a criação, está oculto aos olhos de Deus. Tudo está descoberto e exposto diante dos olhos daquele a quem havemos de prestar contas”. Hb 4:13

Perante Deus, você não terá que prestar contas sobre a maneira que lidou com seu carro ou com sua moto. Ele é um conjunto de lata, borracha e outros materiais que em poucos anos se tornarão lixo. Mas a alma do seu cônjuge é eterna. Deus soprou nele o fôlego de vida, com o desejo que fosse bem tratado e amado. Você provavelmente chegou prometendo fazer exatamente o que Deus deseja. Talvez, do seu relacionamento já nasceram filhos. Neles também se encontra o fôlego de Deus. Como você tem cuidado deles?

Casa do Eletricista PISCINAS

Por que dedicamos tantos artigos sobre a maneira que tratamos nosso cônjuge?

Deus está mais interessado em nosso comportamento dentro de casa do que dentro da igreja. Veja o que a bíblia diz: “Se alguém não cuida de seus parentes, e especialmente dos de sua própria família, negou a fé e é pior que um descrente”. 1 Tm 5.8

Declarar-se “fiel” a Deus, mas não à esposa, é autoengano. Ser “religioso”, mas descuidado com o cônjuge é hipocrisia. Cuidar da família é cuidar da própria salvação.

 

Pai, você promete que nunca vai trair a minha mãe?

Certa madrugada minha filha Sarah, de sete anos, acordou de um pesadelo. Minha sogra, que estava com ela naquele noite, quase não conseguia acalmá-la. Ao perguntar por que ela acordou tão assustada, Sarah respondeu que havia sonhado que o pai tinha traído a mãe e saído de casa.

As muitas histórias de separações das coleguinhas de escola ficaram no subconsciente de nossa filha. No outro dia, sentados à mesa, conversamos sobre o assunto. Sarah disse que foi o pior pesadelo de sua vida. Logo depois de relembrar, respirando fundo, ela olhou nos meus olhos e perguntou: “Pai, você promete que nunca vai trair a mãe”? Em tom de brincadeira eu disse que jamais o farei, e que eu espero que a mãe delas também não o faça. Assustada, ela perguntou se isso existe. “Existe o que filha?” – perguntei. “De uma mulher trair o homem? Eu achei que só os homens é que faziam isso”. Rindo, explicamos que a maldade pode existir em ambos os lados. Nossa pequena Nicolle pediu a palavra e deixou seu conselho final. Gesticulando beijos com as mãos ela disse: “Então, vocês têm que se cuidar e namorar bastante!”.

Com sete anos, ela sabe que precisamos estar bem “abastecidos” de amor para vencer as tentações lá fora. Não foram poucas as vezes que Nicolle apagou a luz e fechou a porta do nosso quarto pedindo que nós namorássemos.

 

Evite o pior pesadelo

Estatisticamente existe mais de 50% de chance de você já ter vivido o pesadelo de uma separação. Como vítima ou vilão, eu não sei (normalmente o outro foi o culpado). Este artigo é como uma gota de água sobre a chapa quente da realidade dos matrimônios brasileiros. Mas se esta gota de Deus cair sobre seu coração, um frescor agradável será sentido em sua casa. Para as estatísticas nacionais mudarem, transformações precisam acontecer em cada lar brasileiro.

O passado não pode ser mudado, mas “o amanhã é uma página em branco que espera as cores de sua escolha”. Eu lhe convido a tomar hoje a decisão de pintar esta “página” com a beleza de Deus sobre a vida de toda sua família.

Oração: Deus, perdoe-me se falhei no cuidado de minha família. Ajuda-me a investir no meu relacionamento, compreender e reconhecer as necessidades do meu cônjuge. Amém.

 

 

* O autor é pastor da Igreja de Deus no Brasil em Marechal Cândido Rondon

isaihort@yahoo.de

TOPO