Copagril
Isai Marcelo Hort

O tempo da graça é limitado – Parte 4

Quando todos já entraram na arca: “O Senhor fechou a porta!” Gn.7:16O início do dilúvio demonstra o fim de um tempo. O Antigo Testamento é conhecido como o tempo da lei. Com a morte de Cristo, entrou em vigor o tempo que chamamos de “tempo da graça”.  Hoje vivemos o que Jesus nos ensinou com a mulher adúltera, em João 8. Enquanto os fariseus queriam apedrejá-la até a morte (tempo da lei), Jesus coloca algo novo no ar que é o perdão e a “chance de recomeçarmos”. “Quem não tem pecado atire a primeira pedra”. Jo 8:7.O tempo da graça é o tempo em que Deus continua chamando o pecador com muita paciência, mesmo que ele continua em sua vida de pecado. Vamos, mude de vida! Pare de beber! Ame sua esposa! Volte para casa! Cuide de seus filhos!  Comece uma vida nova! Muitos até pedem perdão regularmente para um padre ou pastor, mas a vida continua sempre a mesma. A pessoa continua “explorando” e abusando da misericórdia e graça de Deus. Porém o tempo da graça não existem para sempre.“Assim como foi nos dias de Noé, também será nos dias do Filho do homem. O povo vivia comendo, bebendo, casando-se e sendo dado em casamento, até o dia em que Noé entrou na arca. Então veio o dilúvio destruiu a todos”. Lc. 17:24-27O início do dilúvio é um aviso que o tempo de graça é limitado.Noé pregou por vários anos, e as pessoas tinham a oportunidade de se converterem e mudarem de vida. Enquanto Noé martelava, eles poderiam ter revisto seus conceitos e mudado as suas atitudes. Mas eles diziam: deixe Noé martelar, vamos curtir a vida.O povo estava tranquilo. O único incômodo eram as marteladas e as mensagens de Noé. Mas eles conseguiam curtir a vida e fazer com que a mensagem entrasse por um ouvido e saísse pelo outro. Assim como alguém pode fazer com este artigo. A Bíblia nos avisa que será da mesma maneira que acontecerá quando iniciar a eternidade!Quando começa a eternidade? Com nossa morte ou a volta de Cristo. Se Cristo voltar enquanto estivermos vivos, será este o início da eternidade. Se, porém, morrermos hoje, é hoje que se fecha a porta da “arca” para nossa alma. Quem está dentro estará salvo eternamente e quem estiver fora, ficará fora para sempre. Segundo as palavras de Jesus: “Não será mais possível alguém entrar ou sair”. Lc. 16:26Por mais que seus familiares façam um culto a seu favor, queimem muitas velas ou até façam boas ações, a porta vai permanecer fechada. Se você acredita no que Jesus ensinou, então cuide de sua alma enquanto você está vivo.  A porta da Arca se fechou em um dia normal. Assim será o dia da volta de Cristo ou até mesmo o dia de nossa morte? Você já percebeu que o ser humano muda seus valores, assim que ele se depara com a morte? Quando alguém ouve que está com um câncer e tem somente poucos dias de vida, ele muda totalmente suas prioridades. Eu nunca vi alguém no seu leito da morte pedir para ver o rendimento de sua poupança! Nem mesmo as escrituras dos seus imóveis! Nesse momento, tudo o que importa é estar em paz com Deus. Ver amigos e familiares e saber se “tudo que está em ordem”! Porque somos assim? Porque não vivemos a vida toda “em ordem” ao invés de querer arrumar tudo só no final? (se é que haverá tempo).O que você poderia arrumar ainda hoje?
* O autor é pastor da Igreja de Deus no Brasil em Marechal Cândido Rondon 
isaihort@yahoo.de

TOPO