Copagril
Pastor Mário Hort

Os egípcios não puderam dobrar os joelhos nem confessar com a língua! – 2ª parte

Deus libertou o povo de Israel da escravidão do Egito, mas Faraó perseguiu a multidão com seu exército. Então o Senhor abriu as águas do Mar Vermelho e todos passaram em terra seca. E Deus fez o teimoso Faraó ficar ainda mais rebelde, e disse:

“Eu endurecerei o coração de Faraó, para que os persiga, e serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, e os egípcios saberão que eu sou o Senhor”. (Êxodo 14:4)

Casa do Eletricista SORTEIO DE VERÃO

O peito mais orgulhoso pode servir de “monumento” da humilhação para aqueles que deverão dobrar seus joelhos e confessar com sua língua no juízo final.

Quando os egípcios também entraram no mar aberto, Deus fechou as águas sobre os carros e os cavalos de guerra, e não houve tempo para dobrar os joelhos, nem para confessar os seus pecados com a língua.

 

O cântico de Moisés ao sair das águas do Mar Vermelho

Proclame o texto com sua igreja, célula ou sozinho diante de Deus:

Cantarei ao Senhor, porque gloriosamente triunfou; lançou no mar o cavalo e o seu cavaleiro.

O Senhor é a minha força, e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus, portanto lhe farei uma habitação; ele é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. O Senhor é homem de guerra; Senhor é o seu nome.

Lançou no mar os carros de Faraó e o seu exército; e os seus escolhidos príncipes afogaram-se no Mar Vermelho.

Os abismos os cobriram; desceram às profundezas como pedra. A tua destra, ó Senhor, se tem glorificado em poder, a tua destra, ó Senhor, tem despedaçado o inimigo; E com a grandeza da tua excelência derrubaste aos que se levantaram contra ti… (Êxodo 15:1-7)

Deus determinou que crentes, incrédulos, niilistas, ateus, agnósticos, não praticantes e crentes desviados, todos dobrarão seus joelhos e confessarão com sua língua dando toda honra e glória a Deus.

O apóstolo Paulo disse assim: “Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai. (Filipenses 2:10-11)

Não sejamos rebeldes nem atrevidos contra Deus, pois o pecado do orgulho e da blasfêmia pode trazer nuvens repletas de águas, trovões e raios como Deus o fez cair sobre os sodomitas, e isso vale para todos os povos da terra.

Ninguém está isento de dobrar os seus joelhos e confessar com a sua língua.

 

Mário Hort, o autor é pastor da Igreja de Deus no Brasil em Marechal Cândido Rondon

ecosdaliberdade@yahoo.com.br

 

TOPO