Copagril – Sou agro com orgulho
Arno Kunzler

Pedro Rauber: um gigante

A conquista do nono mandato do vereador Pedro Rauber e a sua quarta eleição para a presidência da Câmara de Marechal Cândido Rondon, praticamente por unanimidade, não podem passar desapercebidas das análises políticas.

Na verdade, trata-se de um feito extraordinário, que impressiona não só pela quantidade de vezes que Pedro Rauber se elegeu vereador e presidente da Câmara, mas também por ter sido o mentor e, talvez, o principal responsável pela carreira política do filho, Marcio, reeleito prefeito com quase 80% dos votos válidos, na eleição de 15 de novembro passado.

Casa do Eletricista VERÃO 2022

Se for para definir Pedro Rauber numa só palavra, eu diria INCANSÁVEL.

Nied 2022 D

Conheci Pedro Rauber em 1979, então um vereador dissidente da Arena, cumprindo o seu primeiro mandato, que mais tarde, ao lado de outro descontente da Arena, Ariovaldo Luiz Bier, junto com Gernote Kirinus, então deputado eleito pelo MDB em 1978, e os já vereadores Nilton Hamm, de Mercedes, e Décio Greef, de Pato Bragado, únicos vereadores de oposição eleitos em 1976, fundariam o PMDB.

CombateMax – Normal

Pedro Rauber sempre foi assim, combativo, inquieto e muito articulado.

Soube como manter seu eleitorado durante quase cinco décadas.

Nesse tempo só não se elegeu vereador uma única vez, e em outra eleição quando abriu mão para o filho Marcio ser o vereador mais votado.

Com uma disposição impressionante, sede de gigante, Pedro Rauber é daqueles políticos que quando os adversários achavam que estava morto, ressurgiu das cinzas para reescrever a sua própria história, o capítulo mais importante da sua longa trajetória política.

Talvez um dos mais importantes da história política de Marechal Cândido Rondon.

Não bastasse ele se eleger vereador e o filho prefeito duas vezes, Pedro Rauber foi eleito presidente da Câmara nos dois mandatos, cabendo a ele dar posse ao filho nas duas oportunidades, um feito certamente inédito nos tempos atuais.

Até mesmo os que discordam dessa dobradinha, filho prefeito e pai presidente da Câmara, hoje se rendem ao sucesso da família na política.

Sucesso esse não só na conquista de votos, mas pela aprovação do governo, que, com certeza, foi importante para a reeleição de ambos e a conquista da presidência da Câmara novamente em 1º de janeiro.

Depois de muitas idas e vindas na carreira, quando passou por vários partidos como Arena, MDB, PDT, PSB, PMDB, Pedro Rauber formou uma aliança com o deputado Elio Lino Rusch, que foi muito bem-sucedida.

Rusch entregou o Democratas ao filho de Pedro, Marcio Rauber, que reorganizou o partido e passou a eleger por duas vezes a maior bancada na Câmara de Vereadores, tornando o Democratas a maior força política do município.

Agora fica a pergunta: até onde vai a disposição e a força política da família Rauber?

Será que teremos Pedro Rauber disputando uma vaga para a Assembleia Legislativa em 2022 e, se não der certo, guardando o espaço para o filho Marcio em 2026…?

Quem sabe…

 

Arno Kunzler é jornalista e diretor do Jornal O Presente e da Editora Amigos

arno@opresente.com.br

Grupo Costa Oeste 2021
TOPO