Copagril – Sou agro com orgulho
Casa, bem me quer casa

Pêssegos caseiros em calda feitos no vinho

Essa receita de pêssegos em calda caseiros, feitos no vinho, tem a cara e o frescor do verão. Usei rosé e branco, pois era o que tinha em casa. Utilizei os pêssegos do sítio. Ficou uma delícia.

O vinho praticamente evapora, e deixa uma cor maravilhosa. O perfume da baunilha inundou a casa, enquanto a calda borbulhava com as frutas na panela. É por esses momentos que pretendo viver minha idade nova.

Casa do Eletricista – Temporizador Jardim

Pêssegos caseiros em calda feitos no vinho

 

INGREDIENTES

6 pêssegos firmes

1 xícara de vinho branco

1/2 xícara de vinho rosé (pode usar tudo branco ou tudo rosé, se preferir)

1/2 xícara de água

4 colheres de sopa de açúcar cristal

1/2 favo de baunilha (opcional, pode usar um pouco de extrato se não tiver o favo)

Raspas de limão

Folhas de erva cidreira

 

PREPARO

Descasque os pêssegos e reserve. Caso utilizar pêssegos bem maduros, para descascar sem desmanchá-los você pode fazer o seguinte: ferver uma panela com água (o suficiente para mergulhar os pêssegos), colocar os pêssegos e ferver por 30 segundos. Retire-os em seguida e coloque-os em água gelada. Retire a pele com as mãos. Numa panela, coloque o vinho, a água, o açúcar, a baunilha e as raspas de limão e leve ao fogo até ferver. Misture para dissolver o açúcar. Acrescente os pêssegos um a um (cuidado para não se queimar com o líquido quente). Cozinhe em fogo baixo, por uns 30 minutos. Deixe esfriar e sirva gelado.

 

 

O correr da vida embrulha tudo

A vida é assim: esquenta e esfria,

aperta e daí afrouxa,

sossega e depois desinquieta.

O que ela quer da gente é coragem

– Guimarães Rosa, Grande Sertão Vereda

 

 

Das ilusões

Meu saco de ilusões, bem cheio tive-o.

Com ele ia subindo a ladeira da vida.

E, no entretanto, após cada ilusão perdida…

Que extraordinária sensação de alívio

– Mario Quintana 

 

TOPO