Copagril
Coluna ADI-PR

São Jorge do Ivaí, no Noroeste, tem a melhor gestão fiscal do Paraná

Gestão fiscal

São Jorge do Ivaí, no Noroeste, tem a melhor gestão fiscal do Paraná, segundo o Índice Firjan, e 7º lugar no ranking nacional. O índice máximo em cada área avaliada é 1,000. Em “Investimentos”, o município teve o valor máximo. Em “Autonomia” 0,9633 e em “Gastos com Pessoal” 0,9510. O prefeito André Luís Bovo (DEM) diz que o resultado foi conseguido pela continuidade de uma matriz de gestão fiscal responsável, voltada a cumprir as determinações da Lei de Responsabilidade Fiscal, com fidelidade aos princípios do planejamento, controle, transparência e responsabilidade.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

 

Melhor governança

A Copel foi apontada no programa Destaque em Governança de Estatais da Bolsa de Valores como a estatal com melhor governança do Brasil. Das seis empresas que atendem os critérios da certificação, a companhia paranaense é a primeira a alcançar a pontuação máxima (60). “O programa incentiva boas práticas de governança nas estatais, tais como transparência, segurança de controles internos, regras claras para a composição da administração e alinhamento à legislação anticorrupção”, diz o presidente da Copel, Daniel Pimentel Slaviero.

 

(Foto: Divulgação/Copel)

 

Como vai ficar?

“Se as coisas continuarem como estão, só as pessoas que não têm patrimônio, que não têm família, que não têm reputação, vão continuar na política. Temo que só pessoas muito ricas com interesses particulares ou financeiros, ou pessoas que não têm nada a perder, participem da política”. Da deputada Maria Victória, presidente estadual do PP.

 

Homenagens

O ex-deputado e ex-diretor-geral da Itaipu Binacional, Euclides Scalco, será homenageado na próxima segunda-feira (11) na Assembleia Legislativa. Scalco é presidente do Conselho Superior da Associação dos Amigos do Hospital das Clínicas, que também será homenageada pelos 30 anos de serviços prestados. O HC é vinculado à Universidade Federal do Paraná (UFPR).

 

Longo prazo

Estudo do Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (Ieps) aponta que, apesar do corte de verbas, má gestão etc, o SUS é sustentável até 2060. O Brasil é o único país com mais de 100 milhões de habitantes que prevê acesso gratuito e universal à saúde. O gasto, no entanto, é apenas 42% do total em saúde – em países com modelos similares, a fatia fica acima de 70%. As despesas com saúde equivalem a 9,1% do PIB (R$ 546 bilhões). Na projeção do estudo, as necessidades de financiamento da saúde chegarão a 12,8% do PIB em 2060 – um avanço de 3,7 pontos percentuais, ou R$ 1 trilhão.

 

Na bolsa

A rede de hamburgueria Madero vai abrir seu capital na bolsa de valores em 2021. A previsão antes era em 2020.

 

Pauta-bomba

O deputado Fernando Francischini (PSL-PR), presidente da CCJ, articula a votação de propostas explosivas até o fim do recesso parlamentar marcado para fiml de dezembro. Entre elas, a redução da idade de aposentadoria compulsória dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) de 75 para 70 anos e que prevê um mandato para corte superiores.

 

Bomba II

Afinado com o deputado Paulo Martins (PSC-PR), Francischini deve colocar em votação também o fim da Justiça do Trabalho. A PEC, articulada por Paulo Martins, está na fase final da coleta de assinaturas.

 

Briga no Porto

A chinesa CMPort comprou o principal terminal de cargas do Porto de Paranaguá por R$ 3,2 bilhões. O porto paranaense, segundo maior do Brasil (atrás apenas de Santos), está localizado em ponto estratégico para escoamento de produtos agrícolas para a China, principalmente soja. A partir de agora, 90% das operações do porto passam pela estatal chinesa. Além disso, os asiáticos devem investir para realizar melhorias no terminal, mas querem impedir a construção de um novo porto em Pontal do Paraná. A briga promete.

 

Muito açúcar

O porcentual é grande: 78% dos brasileiros afirmam que reduziriam o consumo de refrigerantes e sucos de caixinha se houvesse alertas de excesso de açúcar nos rótulos. Para 79%, os preços altos das bebidas açucaradas também induziriam à redução do consumo, segundo a pesquisa Datafolha, que entrevistou 2.060 pessoas.

 

Curitiba na frente

O vice-prefeito Eduardo Pimentel atenta que no ranking das 500 maiores empresas do Sul do Brasil 186 são do Paraná e 87 de Curitiba. “A cidade tem 47% das empresas paranaenses e 17% do ranking da região Sul. É inegável que um fator de peso para isso é o trabalho da prefeitura para melhorar o ambiente de negócios em Curitiba”, disse Pimentel.

 

Feira de Profissões

Nesta quarta-feira (06) o Senac tem mais uma edição da Feira de Profissões em todo o Paraná. Serão ofertadas 2,5 mil vagas de emprego disponíveis em todo o Estado. Garçom, cozinheiro, confeiteiro, barbeiro e técnico em enfermagem são algumas das profissões que o Senac prepara para o trabalho no comércio. Nas 31 unidades do Senac, são mais de 15 mil vagas entre oficinas de mídias sociais, currículo, planejamento financeiro, inteligência emocional, quizz com testes de inglês, workshops de beleza, gastronomia, artes, moda, campeonato de games e palestras sobre profissões.

 

 

Da Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO