Copagril – Sou agro com orgulho
Coluna ADI-PR

Secretário Beto Preto lamenta que cidades paranaenses liberaram o uso de máscaras

Vamos esperar!

O secretário estadual de Saúde, Beto Preto, afirmou que ainda não é o momento para que a obrigatoriedade do uso de máscaras seja revogada. Ele lamentou que algumas cidades paranaenses definiram pela liberação do uso da proteção. “Devemos esperar. Vamos chegar a 85% dos adultos vacinados com duas doses no Paraná e, depois de dez a 15 dias, vamos avaliar os números diariamente e verificar se não houve subida de casos e óbitos. O uso da máscara é um utensílio que às vezes incomoda, mas eu peço paciência a todos, mais um pouco”, disse.

Casa do Eletricista ROWA

 

Suprapartidário

Nied 2021 L1

O vice-presidente do PSB do Paraná, deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, disse que o PCdoB pode compor uma frente ampla nas eleições de 2022. Romanelli recebeu no seu gabinete a vice-presidente estadual do PCdoB, Alzimara Bacelar, e o presidente do diretório municipal de Curitiba, Rafael Sallet. “Estamos unidos na construção de um programa suprapartidário para o Paraná e o Brasil”, destacou. O PCdoB integra o grupo de partidos que articulam a construção de uma frente ampla, junto com o PSB e o PV, para disputar as eleições de outubro de 2022.

Combate Max Natal

 

Pedido de registro

Rui Sonho nov/dez 2

A União Brasil, partido que resultará da fusão do DEM com o PSL, apresentou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) o pedido de registro da legenda. Esse é o primeiro passo da sigla para que possa efetivamente entrar em campo nas eleições do ano que vem. O relator do processo é o ministro Edson Fachin. A União já tem candidatos aos governos dos Estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Rondônia, Santa Catarina e Tocantins.

 

Sabatina

O senador Alvaro Dias cobrou o presidente da Casa, Rodrigo Pacheco, sobre a realização da sabatina do ex-ministro da Justiça, André Mendonça, indicado pelo presidente da República a uma vaga no Supremo Tribunal Federal. “Estamos todos sendo submetidos a intenso desgaste com esse apagão na Comissão de Constituição e Justiça. Nós nos sentimos constrangidos, desconfortáveis e, sobretudo, sofrendo um enorme prejuízo de imagem, porque não podemos produzir. Realizar a sabatina do indicado ao STF é obrigação do Senado e não pode mais ser adiada”, disse.

 

Agroturismo

Foi aprovado na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados o projeto de lei 5167/2019, do deputado federal Pedro Lupion (DEM). A proposta permite o uso de notas fiscais eletrônicas ou talão rural com uso do CPF do produtor, e não de um CNPJ de empresa, para serviços e produtos do agroturismo – conjunto de atividades praticadas dentro de propriedades rurais e que colocam os visitantes em contato com os hábitos locais. A matéria segue para a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural (CAPADR).

 

Fiscalização ambiental

O secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Marcio Nunes, apresentou uma solução tecnológica que desburocratiza a emissão de autos de infração em casos de desmatamento ilegal, pesca irregular ou licenciamento ambiental. Os fiscais do Instituto Água e Terra contarão agora com um celular dedicado com um aplicativo emissor de autos de infração digitais, além de impressoras térmicas portáteis para levar a campo. “Esse é um passo importante para agilizar e modernizar a fiscalização ambiental no nosso Estado”, disse.

 

Riquezas do PR

Informações das Contas Regionais, divulgadas nesta semana, indicam que o Paraná pode se tornar a quarta maior economia do Brasil, posto ocupado atualmente pelo Rio Grande do Sul. A economia paranaense atual aparece como a quinta maior do país, respondendo por 6,3% do PIB brasileiro. Apenas São Paulo (31,8%), Rio de Janeiro (10,6%), Minas Gerais (8,8%) e Rio Grande do Sul (6,5%) possuem uma economia mais forte e uma participação mais expressiva na produção de riquezas do país. Nos últimos anos o PIB do Paraná cresceu 44%, enquanto o Rio Grande do Sul acumula alta de 33,9%.

 

Maiores do Sul

Segundo a classificação publicada anualmente pelo Grupo Amanhã em parceria com a PwC, a Coamo Agroindustrial, cooperativa sediada em Campo Mourão, ficou bem posicionada na edição 2021 do ranking 500 Maiores do Sul. Neste ano a cooperativa decidiu investir em uma nova fábrica de rações no Paraná e confirmou o projeto de um porto em Santa Catarina – levou o título de maior do Sul. Além disso, ela viu sua cooperativa de crédito rural, a Credicoamo, se tornar a mais rentável do setor financeiro da região.

 

Defensoria

Um novo posto de atendimento da Defensoria Pública do Estado do Paraná (DPE-PR) foi criado na Assembleia Legislativa do Estado para atender a população que não tem condição financeira de pagar por assistência jurídica. O atendimento é exclusivo para pessoas que têm renda familiar de até três salários mínimos ou que não possam pagar os custos dos honorários advocatícios sem prejuízo do sustento familiar.

 

Devolvendo…

O presidente da Câmara de Curitiba, Tico Kuzma (Pros), anunciou que a Casa irá devolver R$ 20 milhões à prefeitura. Kuzma informou que a devolução do recurso é resultado da economia gerada pelos vereadores com a informatização dos processo, a revisão permanente de contratos e a diminuição da frota oficial de veículos. O vereador ainda lembrou que os vereadores estão com os salários congelados desde 2016 e que a Câmara não utiliza verba de publicidade institucional.

 

Hospital municipal

O prefeito Lucas Machado, do município de Reserva, esteve em uma reunião com o secretário estadual de Saúde, Beto Preto, para debater sobre a construção do novo hospital municipal. O hospital é uma demanda antiga dos moradores, que ainda dependem do deslocamento para as cidades de Telêmaco Borba e Ponta Grossa para a realização de diversos atendimentos. Em nota o prefeito ressaltou que logo serão anunciadas as novidades sobre a saúde municipal.

 

RPC sancionado

O governador Ratinho Junior sancionou a lei que institui o regime de previdência complementar para os servidores públicos do Estado do Paraná. Trata-se de uma segurança previdenciária adicional àquela oferecida pela previdência pública, cujas contribuições dos servidores são obrigatórias. No regime complementar a adesão é facultativa. Aqueles que aderirem terão os proventos de aposentadoria e pensão pagos pela Paranaprevidência e um benefício adicional, a ser pago pelo regime complementar.

 

Adesão

O regime de previdência complementar é destinado aos servidores públicos civis do Paraná, titulares de cargos efetivos, inclusive para os membros do Poder Judiciário, Ministério Público, Tribunal de Contas e Defensoria Pública. Ele será oferecido automaticamente aos servidores que ingressarem no serviço público estadual após a aprovação do plano de benefícios. Os efetivos que ingressaram antes da data de aprovação do plano poderão solicitar a adesão ao novo regime.

 

Grupo Costa Oeste 2021

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

 

TOPO