Arno Kunzler

Sinal positivo

Os investimentos programados pelo grupo Allmayer e pela Blume Administradora de Bens em Marechal Cândido Rondon – construção de um supermercado novo e dois prédios – são um sinal inequívoco do potencial econômico do município.

O grupo empresarial familiar está sediado em Marechal Rondon, mas tem atividades em Toledo e Cascavel, e realizar investimentos no município rondonense é, portanto, uma escolha.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

Uma escolha que sugere que os empresários acreditam no crescimento e no potencial econômico da cidade a ponto de realizar esses impressionantes investimentos aqui.

A repercussão da entrevista do empresário Daniel Felipe Niedermeyer ao Jornal O Presente foi tamanha que despertou outros empresários locais.

Talvez seja um momento oportuno para investir, fazer negócios produtivos e reforçar a onda crescente de otimismo.

Se o patamar dos juros persistir baixo como está agora, o dinheiro terá que ser aplicado em atividades produtivas para gerar resultados.

O ministro Paulo Guedes, avalista desse programa de governo, quer tirar o dinheiro da especulação financeira para investir na produção.

Se tiver apoio político e nada mais grave atrapalhar a economia, poderemos viver um momento de otimismo.

Crescer é fundamental para gerar novos empregos, mas principalmente para melhorar a renda de quem trabalha e produz.

É a renda das pessoas que gera mais consumo.

Quando todos ganham mais, a economia cresce de forma sustentável.

É isso que o grupo Allmayer enxerga e que outros ainda não conseguem ver.

Se mais gente começa a investir, mais crescimento haverá, mais empregos serão gerados.

E se tem um lugar no Brasil onde isso pode acontecer é no Oeste do Paraná.

Como já dizia um slogan do Governo do Paraná na década de 60: “aqui, em se plantando, tudo dá”.

Pelas condições climáticas, pela distribuição das terras, pela qualidade do solo, pela tecnologia desenvolvida, pelo povo que sabe trabalhar e produzir e pelo momento que vivemos, temos tudo para continuar crescendo.

Basta que acreditemos.

 

Arno Kunzler é jornalista e diretor do Jornal O Presente e da Editora Amigos

arno@opresente.com.br

TOPO