Paraná Produtivo - ADI-PR

Sistema Fiep promove quarta-feira webinar sobre negócios no contexto da pandemia

Sistema Fiep

A importância da transparência, do controle e da gestão de riscos nos negócios no contexto da pandemia é o tema do webinar que o Sistema Fiep promove na quarta-feira (22), às 16 horas, com transmissão pelas redes sociais (Facebook e Canal da Indústria). O evento é gratuito. O webinar “Integridade e compliance: gestão e transparência em tempos de pandemia” terá como palestrantes especialistas de empresas com atuação global que compartilharão suas experiências no panorama atual, falando sobre a perspectiva econômica e sobre os impactos nos negócios. Eles vão destacar as estratégias de suas companhias para o retorno das atividades em outras regiões do mundo, que podem inspirar empresas no Brasil no planejamento do retorno de suas atividades.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

 

Agrária Malte

Em um ano de diversas transformações, o Workshop de Cervejas Especiais, promovido pela Agrária Malte, também mudou. Após dez edições, o evento agora se chama Congresso Técnico Internacional. Entre os dias 20 de julho e 03 de agosto, a Agrária apresentará aos amantes do universo cervejeiro 14 palestras com especialistas da área. A programação é gratuita e será transmitida on-line. Em 2019, o evento contou com 400 participantes. Até segunda-feira (13), o número de inscritos para a edição 2020 já havia passado de 1,6 mil. O público é composto principalmente por profissionais de cervejarias, brewpubs, brewshops e cervejeiros caseiros. Há espaço também para os apaixonados por cerveja, que querem conhecer mais sobre o processo de fabricação do produto.

 

Produção de bicicletas

A produção de bicicletas no Polo Industrial da Manaus acumula queda de 36,2% no primeiro semestre em comparação com os primeiros seis meses do ano passado. Segundo levantamento divulgado na segunda-feira (13) pela Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), de janeiro a junho deste ano, foram fabricadas 249,5 mil unidades, contra 391,2 mil no mesmo período de 2019. Em junho, no entanto, o resultado da indústria de bicicletas refletiu a retomada gradual da atividade econômica no país. Foram produzidas no mês passado 46,9 mil unidades, alta de 117,3% em comparação com maio, quando foram fabricadas 21,5 mil unidades. Em relação a junho de 2019, o número representa uma queda de 19,8%.

 

JBS lança o Uboi

A JBS Transportadora lançou na segunda-feira (13) o aplicativo de celular Uboi. O pecuarista terá, na palma da mão, acesso à frota da empresa, que conta com quase três mil veículos, entre próprios e de parceiros, que rodam o país inteiro. A princípio estará disponível para produtores de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás e Vale do Araguaia (MT). Nos próximos meses o serviço também será disponibilizado para outras regiões do Brasil que contam com operações da JBS. Os motoristas que prestam serviço para a JBS Transportadora poderão se cadastrar, gratuitamente, no APP. Na versão para os pecuaristas, a ferramenta disponibilizará dados como nome do motorista e a placa do caminhão.

 

Exportações nacionais

Maior produtor nacional de carne suína, Santa Catarina segue ampliando os embarques do produto em 2020. No primeiro semestre do ano, o Estado exportou 243,8 mil toneladas de carne suína, com faturamento de mais de US$ 545,8 milhões. Esses são os maiores valores já registrados por Santa Catarina desde o início da série histórica, em 1997. Santa Catarina respondeu por 56% de toda carne suína exportada pelo Brasil durante o ano. De janeiro a junho, o Estado ampliou em 20,6% a quantidade embarcada para outros países e em 38,6% o faturamento em relação ao mesmo período do ano anterior. Em maio os catarinenses registraram o recorde histórico nas exportações mensais de carne suína e, mesmo com uma pequena queda, junho manteve esse resultado acima do esperado.

 

Exportações de soja

As exportações brasileiras de soja devem alcançar 8,9 milhões de toneladas em julho, estimou a Associação Nacional dos Exportadores de Cereais (Anec) na terça-feira (14), ante projeção de oito milhões de toneladas divulgada na semana passada. Com isso, a perspectiva de embarques da oleaginosa para o acumulado dos sete primeiros meses do ano, baseada na programação de saída de navios dos portos, deve atingir 70,4 milhões de toneladas. A entidade também elevou a projeção para as exportações de milho neste mês, de 5,16 milhões de toneladas no levantamento da semana anterior para 5,55 milhões de toneladas. Isso coloca a estimativa para embarques do cereal no ano até o fim de julho em 8,09 milhões de toneladas.

 

China tem importação

As importações mensais de soja pela China tiveram um recorde em junho, com salto de 71% na comparação anual, mostraram dados de alfândega na terça-feira (14), com forte ritmo de chegadas de carregamentos do Brasil, o principal fornecedor do país. A China, maior importadora global da oleaginosa, importou 11,16 milhões de toneladas em junho, ante 6,51 milhões no mesmo período do ano anterior. Houve ainda alta de 19% na comparação com os 9,38 milhões de toneladas de maio, segundo números da Administração Geral de Alfândegas. As exportações do Brasil tiveram uma retomada após março, na sequência de uma melhoria do clima no país.

 

China compra milho

A China realizou novas compras de milho e soja dos Estados Unidos em meio a preocupações crescentes de que o principal comprador de produtos agrícolas norte-americanos poderia diminuir ritmo das importações após o presidente Donald Trump ter assinado uma ordem executiva que termina o tratamento econômico preferencial para Hong Kong. O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) afirmou na quarta-feira (15) que exportadores privados informaram que a China comprou 389 mil toneladas de soja e 132 mil toneladas de milho para entrega em 2020/2021, ano comercial que começa em 1° de setembro. Os acordos seguem um anúncio do USDA no dia anterior de que a China comprou 1,762 milhão de toneladas de milho, seu maior volume comprado em um só dia nos Estados Unidos, além de 129 mil toneladas de soja.

 

Ambev busca startups

Em meio à pandemia, a Ambev criou uma ação para encontrar parceiros e criar novas experiências para seus consumidores na área do trade marketing. Com prêmios de até R$ 20 mil, o Innova Trade Challenge tem inscrições até 02 de agosto, que podem ser feitas no site oficial por startups, outras empresas e criativos. A ideia é obter soluções inovadoras para jornada em bares, restaurantes e lojas. Os finalistas, por fim, vão participar do Pitch Day, no dia 14 de agosto, para apresentar seus projetos para a equipe de trade marketing da Ambev. O 1° lugar receberá aporte de R$ 20 mil. O 2° e o 3° lugares ganham R$ 12,5 mil e R$ 7,5 mil, respectivamente, e entram para a base de possíveis fornecedores da cervejaria.

 

Exportações para EUA

Como resultado dos efeitos econômicos da pandemia de Covid-19, as exportações brasileiras para os Estados Unidos devem cair entre 20% e 25% em 2020, prevê a Amcham, câmara norte-americana de comércio no Brasil. As importações originárias dos Estados Unidos, por sua vez, devem ter recuo de 16% a 18%. No ano passado, os embarques para clientes dos Estados Unidos resultaram em receita de US$ 29,7 bilhões, enquanto as compras de fornecedores norte-americanos alcançaram US$ 30,1 bilhões. Se as estimativas mais pessimistas da Amcham se confirmarem, com quedas de 25% nas exportações e de 18% nas importações, o déficit comercial do Brasil com os Estados Unidos terminaria o ano em US$ 2,2 bilhões. As previsões da entidade já consideram os resultados fechados do primeiro semestre, que registram retração de 31,7% nas exportações e de 4,4% nas importações.

 

Redação ADI-PR Curitiba

Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

 

TOPO