Copagril
Elio Migliorança

SONHAR É PRECISO

O sonho é o combustível do ser humano. São os sonhos que nos impulsionam a novas conquistas. E quando alguém não tiver mais sonhos, estará pronto para morrer. Faltará apenas que alguém lhe dê um empurrão para que ele caia definitivamente. Os sonhos podem mudar dezenas de vezes durante nossa vida. O sonho da criança é ser grande, mas quando crescer descobrirá que ser criança era muito mais fácil e tinha muitas vantagens. Porém, como voltar na vida é impossível, o jeito é perseguir os sonhos dos adultos. E aí o horizonte torna-se infinito. Sonhos mal pensados podem terminar em tragédia. Há milhares de exemplos por aí. Mas, voltando os olhos para o horizonte nacional, logo lembramos de quantas vezes foi cantado o sonho de um Brasil melhor. Mas é um sonho que está sempre no futuro, nunca se realiza.
Quando saímos da ditadura militar para a democracia, o sonho de um país mais justo foi alimentado e tornou-se combustível para muitas mobilizações. Muitas mobilizações tiveram os jovens como seus principais protagonistas. Agora, estupefatos, ouvimos o patético apelo do chefe da quadrilha do “mensalão” convocando os jovens a saírem às ruas para pressionar o Judiciário pela sua absolvição no julgamento do caso, a começar em agosto próximo. Este é o sonho às avessas. Seria o caos moral os jovens saírem às ruas defendendo tal bandeira. Quero crer que a juventude brasileira não tenha emburrecido tanto, a ponto de se prestar a tal papel. É bem verdade que o governo despejou milhões nas mãos da diretoria da União Nacional dos Estudantes (UNE), dinheiro cuja aplicação levanta graves suspeitas de corrupção, que alguns chegam a pensar que como forma de gratidão pelo dinheiro recebido e desviado, alguns “gatos pingados” tentem organizar um grupo para colocar este bloco na rua. Seria a desmoralização total da juventude nacional.
Enquanto isso, há uma parte comprometida da juventude nacional que está no Rio de Janeiro acompanhando os debates no evento mundial intitulado Rio+20. Isto sim é um sonho que vale a pena, mas é um sonho que não pode ser sonhado sozinho. O mundo inteiro precisa comprometer-se com o sonho da preservação do meio ambiente. O que temos visto é que as nações mais desenvolvidas estão empurrando “goela” abaixo dos países em desenvolvimento o ônus desta causa. Já é por demais conhecido de todos que só no Brasil existe a obrigatoriedade da reserva legal para reflorestamento. Os países desenvolvidos não recuperam nada do que desmataram e poluem sem controle e sem limite. E aí as ONGs financiadas com dinheiro dos países ricos vêm aqui e nos empurram “goela” abaixo obrigações que visam compensar no meio ambiente a poluição que eles provocaram com suas atitudes agressivas e destruidoras. A cada ONG que vem aqui ditar regras devia ser cobrado um relatório do que é feito no seu país de origem em favor da proteção ambiental.
O novo código florestal já está sacrificando e cobrando o suficiente do agricultor brasileiro. Ou os países ricos fazem a sua parte, ou nem quando da realização da Rio+20 o problema estará solucionado. E aí pode ser tarde demais. Mas vamos manter o sonho de que veremos dias melhores para o planeta e para todos nós.

TOPO