Copagril
Casa, bem me quer casa

Sorvete de Pêssego

Oooiiii!!

“Me agrada o gosto das coisas simples, das coisas verdadeiras!”
Frase do filme: Le Saveurs du Palais (Os sabores do Palácio) filme francês de 2012, que conta a história de Danièle Delpeuch, a cozinheira de Miterrand por dois anos.
Um filme excelente!! Difícil filme francês ser ruim, mas esse supera as minhas expectativas, pela beleza, afinidade e entrega.
Para quem gosta de culinária, sabores e afins, vale a pena.
E é isso que me inspira, o gosto das coisas simples…
E como no filme, o presidente François Miterrand, queria comida de avó, e o sorvete que trago hoje, tem isso: sabor de sorvete de avó! Bem caseiro, artesanal.
Os ingredientes são os melhores, aqueles que escolhemos a dedo, um a um! A base é a mesa do sorvete de Damascos que publiquei dias atrás.

Sorvete de Pêssego

Para a calda:

8 pêssegos frescos cortados em cubinhos
1/4 xícara de açucar demerara
2 colheres (sopa) de água

Ingredientes para o sorvete:

450g de iogurte natural desnatado
2 xícaras de creme de leite fresco (nata)
1/2 xícara de açúcar demerara
1/4 xícara de mel
1/2 colher (chá) de baunilha

Modo de preparo:

1. Prepare a calda de pêssego.
Leve os pêssegos ao fogo baixo com a água e o açúcar. Deixe cozinhar, mexendo sempre, por mais ou menos uns 10 minutos. Retire do fogo e deixe esfriar completamente. Reserve.

2. Misture todos os ingredientes do sorvete e depois de frio acrescentar a calda de pêssegos, com os pêssegos picados . E leve ao freezer. De 30 em 30 minutos retirar do freezer e bater. Fazer esse processo até 30 minutos antes de servir. Quem tiver sorveteira, siga as intruções.



TOPO