Ecoville – Maior rede de limpeza
Coluna ADI-PR

Um ano à frente de Itaipu, Silva e Luna garantiu R$ 600 milhões em obras para o Oeste do Paraná

Um ano
O general Joaquim Silva e Luna completou um ano à frente da Itaipu Binacional e nesse período garantiu R$ 600 milhões para obras de grande importância para o desenvolvimento do Oeste do Paraná, como é o caso da segunda ponte entre Brasil e Paraguai, iniciada em agosto e com previsão de conclusão em junho de 2022, juntamente com a Perimetral Leste, que vai mudar o traçado de um trecho da cidade e permitir um ordenamento do tráfego no município. A perimetral ligará a nova ponte entre o Brasil e o Paraguai à BR-277.

(Foto: Alexandre Marchetti/Itaipu)

Casa do eletricista PRESSURIZADORES

Ônibus escolar
O senador Oriovisto Guimarães (Pode) destinou R$ 214 mil em emenda para Lunardelli – recurso destinado exclusivamente para a compra de ônibus escolar. Com a nova aquisição, a prefeitura dará sequência ao plano de renovação da frota de ônibus escolares do município.

Volta aos trabalhos

Depois do recesso do Carnaval, a Assembleia Legislativa voltou os trabalhos ontem (26). Na segunda-feira (02) voltam as sessões legislativas.

Você apoia?
O Carnaval acabou e o senador Alvaro Dias (Pode) segue na defesa da aprovação da PEC que reduz de 513 para 342 o número de deputados e de 81 para 54 de senadores. “Você apoia essa proposta?”, pergunta o senador em enquete nas redes sociais.

Linha Verde
O prefeito Rafael Greca (DEM) enviou à Câmara de Vereadores projeto que prevê a assinatura de um convênio de R$ 80 milhões para terminar obras da Linha Verde Norte. Conforme a proposta, os recursos viriam do Dnit. O projeto tramita em regime de urgência. Assim, deve ser levado ao plenário dentro de 30 dias.

E agora, Aliança?
Orientação da corregedoria do TRE-SC atrapalhou dirigentes da Aliança pelo Brasil. A Corte orientou os cartórios eleitorais a manterem o modelo atual de verificação das assinaturas necessárias para a criação de legendas, mesmo que elas tenham sido reconhecidas em cartórios de notas. A orientação agora é que apoiadores reconheçam firma para que as assinaturas sejam aceitas rapidamente.

Com quem eu vou?
Sem a certeza de que o Aliança pelo Brasil poderá participar das eleições municipais, candidatos bolsonaristas têm hoje duas siglas dispostas a recebê-los: o PRTB, do vice Hamilton Mourão, e o Republicanos, ligado à Igreja Universal. Outras legendas com afinidades ideológicas com o presidente Jair Bolsonaro já sinalizaram falta de disposição a servir de “barriga de aluguel” para candidatos próximos ao presidente.

Três paranaenses
A deputada Aline Sleutjes e o deputado Filipe Barros serão suspensos pelo PSL em mais um movimento para que saiam do partido. Alinhado ao presidente do PSL, deputado Luciano Bivar (PE), Felipe Francischini intenta continuar no comando da CCJ.

BBB em Londrina
Mais de 40 novas câmeras de videomonitoramento, além de novos radares, serão instalados em Londrina pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização. O edital de licitação para contratar a empresa responsável pelos equipamentos foi publicado na última semana e prevê investimento de R$ 8,6 milhões.

Marco regulatório
O Senado começa a analisar, na próxima semana, a proposta do Novo Marco Regulatório do Saneamento Básico. O texto pretende unificar as regras do setor sob o guarda-chuva da Agência Nacional de Águas. O principal objetivo do projeto é abrir o mercado para a iniciativa privada, de modo a garantir recursos para a universalização do abastecimento de água e da coleta e tratamento do esgoto.

Regina apoia

A atriz Regina Duarte, que tomará posse na Secretaria de Cultura nos próximos dias, não perdeu tempo e postou em suas redes sociais um texto de apoio ao protesto bolsonarista: Dia 15 de março/ gen.Heleno/cap. Bolsonaro/O Brasil é nosso, não dos políticos de sempre/Nas Ruas.

Bolsonaro também

O presidente Jair Bolsonaro também usou o WhatsApp para ajudar no apoio à convocação do dia 15 de março.

Manifestação

A manifestação respalda a fala do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, general Augusto Heleno, que chamou o Congresso de “chantagista”. Pelas redes sociais, principalmente pelo WhatsApp, apoiadores do presidente postam imagens de ataque ao Congresso retiradas dos comandantes da Câmara e do Senado e de alusão ao uso das Forças Armadas no movimento.

Sou a favor
O ministro Sérgio Moro (Justiça e Segurança) afirmou ser favorável também à execução de penas em segunda instância para os processos cíveis. A única ressalva é de que esse ponto não deveria ser invocado como empecilho para aprovar na PEC em trâmite no Congresso Nacional.

Redação ADI-PR Curitiba  
Coluna publicada simultaneamente em 20 jornais e portais associados. Saiba mais em www.adipr.com.br.

TOPO