Copagril
Editorial

Um jornal, incontáveis histórias

No dia 04 de outubro de 1991 chegava às mãos da comunidade de Marechal Cândido Rondon a primeira edição deste periódico. Do anseio de informar, da gana pelo jornalismo, da certeza de que a imprensa pode fazer a diferença na vida das pessoas, de um sonho, surgia o Jornal O Presente. Era o começo árduo para uma trajetória que colocava Marechal Cândido Rondon no mapa das cidades com seu próprio jornal impresso.

Para muita gente pode até parecer bobagem, mas no longínquo início dos anos 1990, sem a internet e suas variáveis que tornaram a comunicação profissional, repito, a comunicação profissional, mais ampla e difusa, mais acessível e moderna, jornais eram uma das principais janelas para os acontecimentos da nossa região. Muita coisa mudou de lá pra cá, mas não a essência do jornalismo, que se faz com responsabilidade, comprometimento profissional e social, amor, criatividade e respeito.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Impossível mensurar quantas histórias já passaram nas páginas do Jornal O Presente nesses 28 anos. Tente imaginar: cada redação, cada nota policial, cada atleta que venceu ou foi derrotado, cada anúncio de compra ou venda de um imóvel, cada publicidade com suas histórias… Histórias contadas por pessoas e suas próprias histórias. Não faltam histórias para contar nossa história, que milhares de pessoas ajudaram a construir.

Nos últimos anos, a plataforma de informação O Presente ganhou mais robustez. O jornal impresso ganhou a companhia do site, das redes sociais, das matérias em vídeo para alimentar a faminta e sedenta vontade de informar. Possivelmente você deve estar lendo este texto no nosso jornal impresso, no entanto O Presente não está só nas páginas em papel, mas no seu telefone, no seu computador, na linha do tempo de seu Instagram, de seu Facebook. Nos moldamos, nos reinventamos para continuar a ser uma empresa comprometida com jornalismo de verdade.

É hora de agradecer a todos: anunciantes, amigos, fornecedores, colaboradores que ajudaram nessa trajetória de sucesso e solidez, a Deus e especialmente aos nossos leitores, que são a razão pela qual O Presente existe. Muito obrigado.

Hoje, 28 anos depois, estamos mais ousados, o tempo nos ensinou, como aliás ele faz com tudo na vida. O tempo nos aprimorou, nos mostrou muitas coisas, mas especialmente que 28 anos atrás estávamos certos.

Vinte e oito anos depois temos o anseio de informar, a gana pelo jornalismo, a certeza de que a imprensa pode fazer a diferença na vida das pessoas, mas com a diferença de que agora temos novos sonhos. Queremos estar cada vez mais perto, ajudar Marechal Cândido Rondon e a região, ajudar o Brasil, prosperar com as pessoas, reportar novas histórias por muitos e muitos anos.

TOPO