Arno Kunzler

Uma grande transformação

Poucas pessoas percebem que a região de Marechal Cândido Rondon está vivendo uma grande transformação, ou, se percebem, não se dão conta do tamanho.
Somente os investimentos no setor produtivo já são bem significativos, implantação e ampliação de empresas, investimentos nas propriedades rurais que diversificam e aumentam sua produção, na educação, na qual o município é cada vez mais um polo microrregional, tanto no ensino secundário como no terceiro grau, no desenvolvimento de tecnologias através do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), localizado nas antigas instalações da Usina de Itaipu, através do qual surgiram ideias como o Condomínio de Agroenergia para Agricultura Familiar da Microbacia do Rio Ajuricaba.
Os investimentos em infraestrutura como a Avenida Írio Welp e os que serão feitos nos próximos anos em outras regiões da cidade, a construção do Senac, o Senai, o teatro municipal, o novo fórum…
Empresas que estão prestes a se instalar no município no ramo de supermercados, automóveis…
O Espaço Rondon, que deverá se tornar um atrativo no centro da cidade, se não o que foi projetado e sonhado, pelo menos vai mudar alguma coisa…
A rodovia que tanto queríamos para Guaíra, em boas condições e com longos trechos de terceira pista… fala-se em duplicação no futuro próximo…
A duplicação do trajeto entre os trevos de Nova Santa Rosa e do portal, com viadutos e passarelas…
A construção do contorno rodoviário, Oeste que vai tornar possível o desvio de caminhões do centro da cidade e ainda promover um novo espaço com grandes perspectivas de desenvolvimento, inclusive ideal para a localização de um novo parque industrial…
A construção do Batalhão de Fronteira, um investimento gigante que deve ultrapassar R$ 10 milhões e manter no município dezenas de oficiais e policiais que vão atuar na corporação em toda região…
A construção de uma delegacia e uma cadeia novas…
A duplicação da estrada entre Marechal Cândido Rondon e Toledo e consequentemente até Cascavel, criando de fato e em definitivo o eixo Cascavel-Guaíra, passando por Toledo e Marechal Cândido Rondon…
Mesmo sem aeroporto regional, tão sonhado, mas parece cada vez mais distante, teremos um aeroporto em condições de ter voos regulares em Toledo e outro em Cascavel que se não é o ideal é um avanço que não podemos desconsiderar…
A Cotriguaçu está implantando em Cascavel um imenso parque distribuidor de carnes e outros produtos, o que ajuda a viabilizar o que se chama de maior entroncamento ferroviário do Brasil… não deve ser pouca coisa…
Em Guaíra a Petrobras está apressando os estudos para implantação de uma distribuidora de produtos derivados do petróleo para alguns Estados do Brasil e países vizinhos…
Todos esses investimentos terão reflexos gigantescos aqui, em Marechal Cândido Rondon e cidades vizinhas. Logo, vivemos uma grande transformação. Talvez ainda não tenhamos acordado para essa realidade…

TOPO