Copagril – Compras no Site
Arno Kunzler

União e gratidão, viva o trabalho!

É pouco provável que alguém de nós já tenha tido antes uma sensação tão desconfortável ao ser impedido de ir ao trabalho.

Quantas vezes gostaríamos de ter ficado em casa, sem nada para fazer, e tínhamos que trabalhar.

Casa do Eletricista – NÃO PAGUE AR

Eis que de repente surge essa oportunidade para a grande maioria dos brasileiros e dos trabalhadores de outros países também.

Não querer trabalhar deve ser algo comum para qualquer pessoa.

Quem já não sentiu vontade de não trabalhar nunca mais, ou, então, simplesmente, de não sair em um determinado dia para trabalhar?

Talvez tivéssemos que sentir o contrário para descobrir como trabalhar é bom, como trabalhar nos faz bem e como esse direito é importante.

E como gostaríamos de estar reunidos hoje para comemorar o Dia do Trabalho.

Nem mesmo reunir os familiares, para a grande maioria, se tornou possível.

Por isso, queremos saudar hoje todos os trabalhadores, especialmente os que de fato precisam trabalhar para ganhar seu sustento.

Aqueles que sofreram durante algumas semanas, ou ainda estão sofrendo por estarem proibidos de abrir suas lojas e receber seus clientes.

Trabalhadores que pagam elevados impostos e alimentam os que trabalham para o Estado e também os que se aproveitam do Estado.

Saudar os que geram empregos e estão preocupados com seus trabalhadores porque suas vendas diminuíram.

Saudar os servidores públicos, aqueles que têm vocação para o serviço público, que se dedicam e dignificam a profissão.

Especialmente neste dia, saudar os trabalhadores do setor de saúde, médicos, enfermeiros, atendentes, motoristas e todos que diariamente se expõem para atender quem precisa de ajuda.

Saudar os agricultores que sustentam esta Nação nos momentos mais difíceis, produzindo alimentos e gerando riquezas.

Saudar os motoristas que, com muita dedicação e responsabilidade, transportam nossos alimentos.

Os funcionários dos mercados, das indústrias, dos postos de combustíveis, das farmácias, das comunicações e outros setores tão essenciais.

Os trabalhadores da construção civil, que, com muito suor e sofrimento, constroem as belezas das nossas cidades.

E hoje, particularmente os que perderam seu trabalho ou aqueles que estão à procura de um novo trabalho.

Não desistam e não percam a esperança.

Que Deus lá do alto nos abençoe e nos ajude a superar esse momento de incertezas.

E que possamos nos manter unidos, irmanados na fé cristã, ainda que com pensamentos diferentes, fortalecidos, mesmo que em situações adversas.

Vamos lutar juntos para vencer juntos.

Precisamos lembrar que tudo depende de nós, da nossa capacidade de reação, do nosso desejo de fazer certo.

Enfim, descobrimos o valor do emprego, do trabalho.

 

Arno Kunzler é jornalista e diretor do Jornal O Presente e da Editora Amigos da Natureza

arno@opresente.com.br

TOPO