Copagril
Editorial

Vale a reflexão

 

Se a Páscoa é momento de reflexão, então seguem algumas palavras para que as pessoas possam refletir neste estimado feriadão.

O incêndio na igreja de Notre Dame causou comoção mundial, líderes apareceram com lágrimas nos olhos, arrecadaram em poucas horas mais de R$ 3 bilhões para a reforma, as pessoas comuns demonstraram tristeza nas redes sociais.

Casa do Eletricista CÂMERAS

Alguns dias antes, um ciclone devastou três países paupérrimos do continente africano, deixando mais de mil mortos e milhões sem casa, água, energia, remédios… Não apareceu ninguém para desembolsar polpudas quantias que pudessem assistir as vítimas e minimizar a dor dessas pessoas. E as manifestações no Facebook. Nada. Tudo para o concreto, nada para as pessoas.

No mundo moderno a transparência entre as relações pessoais e nas instituições está cada vez mais exigida. As pessoas não admitem mais ações na escuridão, querem luz às causas de interesse da comunidade. Enquanto isso, o Supremo Tribunal Federal (STF), a Corte mais importante do país, censura jornais deliberadamente porque um de seus membros, que está ligado à Lava Jato, foi o alvo das reportagens. Um absurdo.

Todos querem a Reforma da Previdência, falam do Executivo, do Legislativo, mas ninguém fala do Judiciário, ninguém questiona os mandos e desmandos dessa classe.

Existem fiéis fervorosos, religiosos assíduos que vão à igreja todos os dias, mas quando saem de lá falam mal do vizinho, criticam a opinião diferente, demonstram que o coração tem pouco espaço para Deus. Louvam em voz alta, mas se calam ao passar por um pedinte na rua. Se é rico, tem respeito, atenção. Se é pobre, é só um Zé Ninguém. Há muita hipocrisia nas relações humanas.

Inúmeros exemplos nos cercam todo dia mostrando a inversão de valores que a humanidade experimenta. Se dá mais atenção para objetos do que para as pessoas, é mais importante ter do que ser e estar.

Todos querem a paz mundial, mas poucos agem para alcançá-la. É o típico falastrão, que nas palavras é exímio, mas nas atitudes é um zero à esquerda. Luta pelo meio ambiente, mas não recolhe a sacola que está no chão só porque não foi ele que jogou. Luta pelos animais, mas desde que sejam de raça e tenham pedigree.

Isso não quer dizer que a humanidade está em colapso. É só o caminho natural que nós mesmos trilhamos, é o que geralmente se chama de desenvolvimento social. No entanto, às vezes, é preciso refletir sobre essas questões para que não nos tornemos “monstros”. As pessoas precisam ser boas umas com as outras, deixar um legado positivo em sua passagem aqui na Terra, construir relações amorosas, prazerosas, para que, no fim da vida, tenham mais coisas pra contar do que coisas pra somar. Nada tem mais valor que uma vida em paz, de amor ao próximo.

Jesus Cristo morreu para salvar o homem de seus pecados, mas parece que não funcionou muito bem. A Páscoa é um bom momento para fazermos uma autoavaliação, analisar sobre o que somos, como pensamos, como tratamos e como vemos o mundo. Vale a reflexão.

TOPO