Copagril
Pastor Mário Hort

Venha a Pernambuco e ajudem-nos a evangelizar! – 6ª parte

 

Igor Campos disse, gravando para a nossa programação radiofônica, na cidade de Ribeirão, em Pernambuco (PE): “Eu gosto de evangelizar de porta em porta entregando folhetos, e procurei um site que nos oferecesse literatura grátis para a evangelização aqui em Ribeirão, na Mata Sul, a 100 quilômetros de Recife”, declarou. “Eu encontrei e gostei dos livretos Ecos da Liberdade e também ouvi o primeiro programa para a rádio, que foi a reportagem feita em Mariana, Bento Rodrigues, em Minas Gerais, na lama que invadiu o Rio Doce. Desde então já baixei 200 programas para o meu computador para buscar uma rádio que possa transmitir os programas em Pernambuco”, informou.

“Com a idade de 14 anos fui evangelizado por um casal vizinho de nossa casa, que me entregou um exemplar do Novo Testamento, dos Gideões. Então comecei a ler, não pelos Evangelhos, mas pelo livro mais difícil das Escrituras, o Apocalipse”, afirmou Igor. 

Casa do Eletricista CÂMERAS

“As mensagens do Apocalipse dirigidas às sete igrejas da Ásia Menor e a leitura me deixaram espantados e me levaram a um temor muito forte de Deus, o Criador e do juízo de Deus, sabendo que Deus iria cobrar do homem o seu comportamento e o seu pecado.

Ao terminar a leitura dos 22 capítulos do livro naquela tarde, logo me dirigi ao casal que me havia evangelizado, dizendo que eu queria aceitar a Cristo como meu único e suficiente Salvador”, testemunhou, emocionado.

“Passei quatro anos na igreja tocando meu instrumento e evangelizando de porta em porta, porém aos 18 anos de idade eu me afastei do caminho do Senhor. Mergulhei no pecado como usuário de drogas lícitas e ilícitas como cocaína, heroína e maconha. Durante seis anos eu fiz uso das drogas todos os dias, e isso trouxe um grande prejuízo a minha vida, pois ficaram as consequências”, lamentou.

“Hoje estou aqui conversando com o pastor, graças a Deus, porque eu não poderia estar aqui. O Senhor foi misericordioso comigo. E quero dizer aos amigos que estão passando pela mesma situação que nada está terminado. Enquanto há vida, há esperança. E só Jesus pode libertar do pecado”, concluiu Igor Campos.

“Minha alma não tem preço”, disse também Givanilson. “Moço, se sua alma não tem preço, pense nisso quando alguém lhe oferece um baseado ou sexo e você pode voltar com Aids ou com muitos outros problemas”, adverti.

Sim, podemos arruinar nossa alma, que não tem preço, jogando-a no ralo e ninguém sabe para onde o bueiro do esgoto levará essa alma preciosa.

Quanto vale a sua alma? Sua alma não tem preço! Seu fôlego é sopro de Deus! Você é precioso aos olhos do Senhor!

Ainda que ande pelo vale da sombra da morte você pode clamar pelo Bom Pastor. Ele está bem ali ao seu lado, mesmo que seja diante das portas do inferno.

Suplique, clame e grite e você receberá a graça, o perdão de sua culpa, e a calma eterna virá para sua alma, que viverá eternamente pelo precioso sangue de Jesus.

 

 

Mário Hort, o autor é pastor da Igreja de Deus no Brasil em Marechal Cândido Rondon

ecosdaliberdade@yahoo.com.br

TOPO