Copagril
Pastor Mário Hort

Visita à Catedral Luterana Pedro e Paulo em Moscou – 4ª parte

 

Sob total direção divina, o taxista, por engano, me deixou na porta da Igreja Católica Ortodoxa, em Moscou.

Após o término da missa, perguntei pelo endereço da Catedral Luterana e a freira me acompanhou até o portão e mostrou o caminho para a igreja, que estava logo na seguinte quadra.

Casa do Eletricista folha LORENZETTI

Reviver um culto com liturgia luterana foi um prazer singular, especialmente pelas vozes perfeitas do coral que conduzia todos cânticos.

Eu não entendi nenhuma palavra em idioma russo, mas a pastora que conduziu o culto daquela manhã sempre dizia algumas palavras no idioma alemão. E para minha surpresa, ao abrir o hinário, encontrei um hino em idioma espanhol que dizia: “Nada te turbe, nada te espante, Quien a Dios tiene nada le falta. Nada te turbe, nada te espante, sólo Dios basta”.

Terminado o culto solicitei o auxílio de um homem jovem para conseguir um Uber e voltar ao hotel, e lhe comuniquei que eu desejava uma entrevista com a pastora que fala o idioma alemão, mas ela estava muito ocupada. O jovem queria saber sobre o que seria minha entrevista. “Existem cristãos convictos aqui em Moscou?”, falei para o desconhecido.

Imediatamente ele pôs sua mão no bolso e retirou o certificado de sua confirmação pela Igreja Luterana.

O homem desconhecido disse em sua entrevista gravada:

“Meu nome é Igor e moro em Moscou desde o meu nascimento.

Cheguei para a Igreja Luterana há alguns anos e fui fortemente inspirado por tudo que eu conheci aqui. Desde então venho aos cultos.

Para ser confirmado eu tive que assistir a um curso de aprendizagem e avaliação, e poderia ser ou não rejeitado como candidato à confirmação.

Após o curso tivemos entrevistas com os pastores e sacerdotes da igreja. E agora, recentemente, fui aprovado e confirmado. E estou muito inspirado com minha confirmação, pois a igreja se tornou uma parte integral de minha vida. A igreja não é algo especial, mas é uma parte de nossa vida”, enfatizou.

“Igor, sua vida mudou após o curso e sua confirmação?”, questionei.

“Eu entendo a sua pergunta e a minha resposta é ‘sim’, minha vida mudou. Eu sempre procurei por uma mentalidade diferente e não a encontrei em minha igreja antiga, mas ao chegar aqui na igreja eu logo entendi que este é um lugar para minha vida.

Eu encontrei a paz para minha mente e, sim, definitivamente eu me tornei mais ‘rico’ que eu fui antes”, afirmou.

“Igor, posso dizer que você agora se tornou um cristão convicto?”, perguntei: “Sim, eu fui e sou um cristão convicto, mas agora encontrei a igreja que eu realmente procurava”, finalizou. 

Podemos “confirmar” que uma confirmação realizada desta forma, para um adulto aos seus 43 anos de idade, certamente dá um firme fundamento para a fé convicta dos membros da Igreja Luterana de Moscou.

 

Mário Hort, o autor é pastor da Igreja de Deus no Brasil em Marechal Cândido Rondon

ecosdaliberdade@yahoo.com.br

 

TOPO