Brasil Em meio à pandemia

Bolsonaro demite Mandetta e oncologista carioca Nelson Teich vai assumir o Ministério da Saúde

(Foto: Divulgação)

O presidente Jair Bolsonaro demitiu o médico e ex-deputado Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde nesta quinta-feira (16). O oncologista carioca Nelson Teich aceitou convite e vai assumir a pasta. Mandetta deixa o comando da Saúde em meio à crise sanitária e econômica causada pela pandemia do novo coronavírus no Brasil e com aprovação de 76% da população ao seu trabalho desenvolvido na Saúde, segundo pesquisa Datafolha. Ele permaneceu no ministério por um ano e três meses.

O desligamento de Mandetta ocorre após semanas de desgaste, que só piorou após uma entrevista dele ao programa Fantástico, da TV Globo, no domingo (12), quando criticou a falta de um discurso único do governo. “Brasileiro não sabe se ouve o presidente ou o ministro”, disse, na ocasião.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

O agora ex-ministro foi ao Twitter para confirmar a sua demissão. Veja abaixo:

Com Preto no Branco

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO