Eleições Auxílio

Haddad visita Lula em Curitiba pela primeira vez após as eleições

Haddad passou a visitar Lula semanalmente quando o ex-presidente foi preso, há sete meses (Foto: Reprodução/Facebook)

Passadas as eleições presidenciais, o segundo colocado no pleito, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) retoma na quarta-feira (07) a rotina de visitar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na carceragem da Polícia Federal, em Curitiba.

Haddad passou a visitar Lula semanalmente quando o ex-presidente foi preso, há sete meses, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro na Operação Lava Jato. Durante esse período, o ex-prefeito viu crescer a sua participação nas deliberações internas do PT e acabou ungido como o candidato do partido depois que o ex-presidente foi vetado pela Justiça Eleitoral.

O hábito só mudou no segundo turno, quando Haddad passou a acenar ao eleitor que rejeita Lula e o PT. Mesmo derrotado, o ex-prefeito deixou a eleição com a significativa marca de 47 milhões de votos e agora busca se cacifar para liderar a oposição ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

A volta dos encontros com Lula – que segue, mesmo preso, como o principal articulador interno do PT – é um primeiro passo a traçar a estratégia de enfrentamento a Bolsonaro e de tentativa de manter o protagonismo petista na esquerda, principalmente diante da ameaça da formação de um bloco partidário entre PSB, PDT e PCdoB, que poderia isolar a legenda no Congresso.

 

Com Boca Maldita e sites 

TOPO