Copagril – Sou agro com orgulho
Esportes Devido à pandemia

Adetur Cataratas e Caminhos e organizadores adiam retomada das etapas do Circuito Regional de Cicloturismo

(Foto: Divulgação)

A Adetur, Agência de Desenvolvimento Cultural e Turístico da Região Cataratas do Iguaçu e Caminhos ao Lago de Itaipu, entidade com sede no Centro de Apoio ao Turista, no Balneário de Santa Helena, realizou na tarde de quinta-feira, 25 de fevereiro, uma reunião virtual com os organizadores do 7º Circuito Regional de Cicloturismo. Participaram da reunião dirigentes regionais de turismo dos 19 municípios da área de abrangência da entidade e representantes dos grupos de ciclismo dos respectivos municípios.

A pauta da reunião foi a discussão sobre a retomada das etapas do Circuito Regional de Cicloturismo. Diante do atual cenário que a região oeste do Paraná enfrenta, com o aumento de casos do novo coronavírus, a opinião unânime dos participantes foi pelo adiamento do evento, tal como ocorreu em março de 2020, devido ao início da pandemia.

Casa do Eletricista – BOBCAT

De acordo com o secretário de Esporte, Lazer e Turismo de Mercedes, Rogério Henrique Endler, o momento exige respeito às recomendações das autoridades de saúde. “Entendemos que não seria agora o momento oportuno para a realização de um evento desse porte, visto o estado de calamidade que a Saúde está passando. Decidimos de forma unânime respeitar as recomendações da Saúde, evitando essa circulação e aglomeração de pessoas e prorrogar o evento do Cicloturismo para um momento em que possamos garantir a integridade e a saúde dos participantes e da população”, destaca.

A Assessora Técnica e Coordenadora de Atividades da Adetur, Sara Fernanda de Moraes, ressalta que o Circuito Regional de Cicloturismo é um dos maiores eventos do Paraná. “Marechal Cândido Rondon, por exemplo, fez a primeira etapa do circuito ano passado e teve mais de 1.200 participantes, então existe uma demanda muito grande de público no evento. Uma nova reunião online será marcada para daqui 30 dias, a fim de monitorar o panorama geral da pandemia e avaliar a retomada ou reorganização do evento. A ideia inicial é que continuássemos o evento de onde ele parou, em abril agora seria em Mercedes, porém verificamos que a pandemia continua em alta. Tivemos uma participação bem expressiva nessa reunião e os organizadores estiveram de comum acordo em deixar o evento suspenso”, pontua.

A diretora Técnica da Adetur, Fernanda Helena Fedrigo, afirma que nesse momento de suspensão do Cicloturismo o trabalho dos Dirigentes Regionais de Turismo e grupos de ciclistas é propor roteiros para os municípios, seguindo o exemplo de Pato Bragado que vem desenvolvendo um trabalho de destaque para atender os ciclistas. “Nosso compromisso enquanto Adetur é fazer oficinas aos Municípios para estruturarmos novos roteiros de Cicloturismo e principalmente fortalecer as nossas três rotas já existentes, Rota da Fé, Rota das Águas e Rota Beira Parque, que tem tido cada vez mais procura. Os Municípios vão fazendo a sua tarefa de casa de identificar esses espaços e juntos vamos divulgar esses roteiros para que os turistas possam visitar mesmo nesse período de pandemia, conhecer a nossa região de forma segura e responsável”, finaliza.

 

Com assessoria

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

 

TOPO