Esportes Desafio particular

“Azarado” nos clássicos e de contrato renovado, Bruno Henrique tenta melhorar retrospecto

Foto: Cesar Greco/Agência Palmeiras

 

Bruno Henrique não costuma ter sorte em Derbys. Neste sábado (02), às 17 horas (de Brasília), no Allianz Parque, ele disputará, provavelmente como titular, seu primeiro clássico contra o Corinthians após ter seu contrato renovado até o final de 2023. Feliz com a ampliação do vínculo, o camisa 19 espera manter o clima positivo após o duelo.

Ex-jogador do Corinthians, o volante já disputou sete clássicos vestindo a camisa alvinegra, com três derrotas, três empates e apenas uma vitória. Com o manto palestrino, ele perdeu quatro jogos e também venceu apenas um. Portanto, o atleta venceu apenas dois Derbys em 12 disputados.

Casa do Eletricista – RETOMA

Um destes, inclusive, já custou alguns meses de paz de Bruno Henrique com a torcida do Palmeiras. No primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2017, o volante cometeu pênalti infantil em Guilherme Arana e que foi convertido por Jadson, na vitória alvinegra no Allianz Parque.

O erro, somado a uma cobrança desperdiçada na decisão por pênaltis contra o Barcelona de Guayaquil, no Allianz Parque, pelas oitavas de final da Copa Libertadores no mesmo e que resultou a eliminação palestrina fez com que o atleta fosse muito criticado pela torcida. No início de 2018, inclusive, o volante chegou a ser vaiado no Allianz Parque.

Na última temporada, porém, especialmente com Luiz Felipe Scolari (Felipão) no comando, o capitão palestrino reencontrou seu futebol, é o principal capitão do elenco palestrino, foi peça fundamental na conquista do decacampeonato brasileiro e teve o nome ventilado em diversas oportunidades para ser convocado para a Seleção Brasileira.

O sucesso fez crescer o assédio chinês pelo atleta, e o Tianjin Teda estava disposto a pagar a multa rescisória de 6 milhões de euros para contratar o volante. O atleta, porém, recusou a oferta de R$ 1,7 milhão mensal para assinar com a equipe asiática. Ele soma 87 jogos e 18 gols pelo Maior Campeão do Brasil.

 

Com Gazeta Esportiva

TOPO