Esportes Luto no futebol

Federação vê “falta de clima”, convoca reunião e estuda adiamento de Fla-Flu

Foto: Reprodução/Twitter

 

O clássico entre Flamengo e Fluminense marcado para sábado (09), no Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara, ao que tudo indica, pode não acontecer. Após o incêndio que atingiu o Ninho do Urubu, CT do Flamengo, na manhã desta sexta-feira, e deixou dez mortos e três feridos, a Federação do Estado do Rio de Janeiro emitiu uma nota convocando os clubes envolvidos para uma reunião a fim de tomar uma posição quanto a realização do jogo.

Em nota, a Ferj lamentou a tragédia que atingiu o alojamento das categorias de base do Rubro-Negro e afirmou “não ver clima” para a realização do Fla-Flu na data marcada. Entretanto, a entidade não emitiu uma posição final e decidirá apenas mediante opinião das partes envolvidas, inclusive da TV detentora dos direitos.

“A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro lamenta a tragédia ocorrida no CT do Flamengo e se solidariza com as famílias. A FERJ informa que não vê clima para a realização do Fla-Flu, neste sábado, no Maracanã, e está convocando, para reunião de emergência agora pela manhã, Fluminense, Flamengo e a TV detentora dos direitos do Campeonato Carioca para decidir sobre o caso”, diz a nota.

O treinamento do Flamengo, inicialmente marcado para as  9 horas (de Brasília), também foi cancelado e remarcado para o período da tarde. O local atingido pelo incêndio pertencia à área mais velha do complexo do Ninho do Urubu, abrigava atletas entre 14 e 17 anos e servia de alojamento.

O incêndio aconteceu durante a manhã desta sexta-feira e ganhou proporções por volta das 05h10 (de Brasília), sendo controlado pelo Corpo de Bombeiros perto das 07 horas. Ainda assim, três pessoas ficaram feridas, uma delas em estado grave, e outras dez se tornaram vítimas fatais, sendo seis atletas e quatro funcionários. Ainda não há confirmação da identidade das pessoas.

 

Com Gazeta Esportiva

TOPO