Ford/Abradif/Rodovel Ranger
Esportes

“Fui contratado como técnico e não como ídolo”

Ídolo do clube, Renato Gaúcho assume o Grêmio. (Divulgação)

Em sua primeira entrevista coletiva como t eacute;cnico do Gr ecirc;mio, Renato Ga uacute;cho se emocionou e exaltou seu retorno ao clube que o projetou. Considerado por muitos como o maior jogador da hist oacute;ria do time tricolor, o comandante preferiu minimizar sua condi ccedil; atilde;o de iacute;dolo e deu espa ccedil;o agrave; cautela. ldquo;Fui contratado como t eacute;cnico e n atilde;o como iacute;dolo rdquo;, ressaltou. Recepcionado por uma multid atilde;o no Aeroporto Salgado Filho, Renato Portaluppi destacou a emo ccedil; atilde;o sentida pela sua volta – o treinador foi recebido por milhares de torcedores. ldquo; Eacute; sempre bom ser recebido pela torcida do Gr ecirc;mio, que eu tenho guardada no cora ccedil; atilde;o. Fiquei bastante emocionado rdquo;, disse. ldquo;Somente com o passar do tempo eacute; que o torcedor vai conhecer meu trabalho, mas eacute; s oacute; pegar meus n uacute;meros e ver como eu sou como t eacute;cnico. Sempre busco superar minhas marcas rdquo;, acrescentou o t eacute;cnico sobre sua carreira como treinador.
Sobre o atual grupo do Gr ecirc;mio, Portaluppi minimizou as farpas entre os atletas ocorrida nos uacute;ltimos dias, apontou solu ccedil; otilde;es e disse que pretende tirar o time tricolor da situa ccedil; atilde;o ruim em que se encontra atualmente – o clube est aacute; na zona de rebaixamento do Brasileiro. ldquo;O Grupo do Gr ecirc;mio eacute; muito bom e os jogadores s atilde;o diferenciados, mas quero sair dessa situa ccedil; atilde;o no Campeonato Brasileiro em primeiro lugar. Sobre as brigas internas, jogador eacute; profissional e tem suas responsabilidades, e eu apago inc ecirc;ndios com di aacute;logos rdquo;, ressaltou.
Quando mais uma vez questionado sobre sua condi ccedil; atilde;o de grande atleta da hist oacute;ria do Gr ecirc;mio, Renato mais uma vez foi enf aacute;tico, e concluiu: ldquo;N atilde;o tenho medo de perder o status de iacute;dolo. Sen atilde;o, n atilde;o estaria aqui rdquo;, destacou o maior iacute;dolo de todos os tempos com a camisa tricolor ga uacute;cha, autor dos dois gols do uacute;nico t iacute;tulo mundial da hist oacute;ria do Gr ecirc;mio.

TOPO