Fale com a gente

Esportes Luto

Goleira de futsal do Paraná que atuava na Espanha morre aos 26 anos

Publicado

em

(Foto: Divulgação)

Morreu na última sexta (15) a goleira Jhennifer Oliveira Camargo, 26 anos, do Rodiles, da Espanha. Ela fazia um tratamento para um tumor no cérebro.

Ela nasceu em Ponta Grossa, no Paraná e foi criada em Carambeí, onde foi revelada nos torneios. Em 2016, mudou-se para vestir a camisa do São José Futsal, na categoria sub-17. Em 2019, chegou ao time adulto do São José, no mesmo ano em que foi Campeã Sul-Americana, no Chile, com a Seleção Brasileira sub-20. Em 2018, ela foi uma das duas goleiras brasileiras indicadas ao prêmio de melhor do mundo no futsal e foi a quarta melhor colocada. O time Rodiles, da região da Galícia, da Espanha, contratou Jhennifer em 2020 para jogar a Segunda Divisão Espanhola. Ela estava nas quadras até fevereiro quando foi diagnosticada com câncer. Mesmo com a doença, o time renovou o contrato de Jhennifer.

A morte precoce da atleta causou comoção nas redes sociais. ” Infelizmente temos que comunicar, que depois de um ano de luta, Jennifer Oliveira falece, nossa jogadora, porteira, companheira, amiga, família e agora nossa luz. Chegou ao nosso clube em 2020, com um futuro promissor. Trabalhadora, lutadora, companheira e com uma felicidade contagiante.Nós amamos-te e vamos sentir muito a tua falta. Sua memória sempre estará viva entre nós”, postou o Rodiles.

O Rodiles suspendeu todos os jogos previstos para o final de semana em razão da morte. Ela foi velada na Espanha, neste sábado.

Com Bem Paraná

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

Copyright © 2017 O Presente