Copagril – Sou agro com orgulho
Esportes Futebol

Inter tenta retomada na Libertadores em noite de reestreia de Taison após 11 anos

(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Onze anos depois de erguer o bicampeonato da América e rumar ao Leste Europeu, Taison voltará a vestir a camisa do Internacional. O atacante fará sua reestreia pelo clube nesta terça-feira (27), às 21h30, quando o Colorado enfrenta o Deportivo Táchira no Beira-Rio, pela 2ª rodada do Grupo B da Copa Libertadores.

Minutos antes de a bola rolar, o sistema de som anunciará a escalação colorada, a ecoar no concreto das arquibancadas vazias. Será sem a ovação que teria em tempos não pandêmicos.

Casa do Eletricista – Tubos e Conexões

Mas Taison ouvirá seu nome seguido da camisa 10 que por tanto tempo foi de seu amigo D’Alessandro. Uma simbologia a uma nova era que se inicia no Inter neste 27 de abril de 2021.

Conforme apurado, o atacante deve ser opção de Miguel Ángel Ramírez no banco de reservas, para ganhar minutos no decorrer da partida. Taison está em boas condições clínicas e físicas, mas uma série de fatores pesa na decisão de deixá-lo fora do time titular.

A começar pelo tempo de preparação para o duelo com os venezuelanos. O jogador desembarcou em Porto Alegre nos últimos minutos da noite da quinta-feira (22).

Na manhã seguinte, já estava de pé logo cedo para realizar exames médicos e assinar contrato com o Inter. Em seguida, foi apresentado e ainda fez mais uma bateria de testes físicos durante a tarde.

No sábado, Taison treinou com os jogadores não relacionados para a partida contra o Esportivo pela última rodada do Gauchão. E só no domingo (25) que ele fez a primeira atividade com o grupo colorado.

 

TAISON PELO INTER 
137 jogos
36 gols
Títulos:
Copa Sul-Americana 2008
Campeonato Gaúcho 2008 e 2009
Copa Suruga 2009
Libertadores 2010

Foram, portanto, apenas dois treinos com o elenco em preparação para a partida. Soma-se a isso a situação anterior vivida pelo atleta em seus últimos dias de Shakhtar Donetsk.

Ídolo e capitão na Ucrânia, Taison estava afastado do elenco principal após um desentendimento com o técnico Luis Castro. Ele não atua em um jogo profissional há mais de um mês. Desde 14 de março, quando entrou em campo por apenas nove minutos na vitória por 4 a 0 sobre o Desna, pelo Campeonato Ucraniano.

A linha de trabalho com Ramírez também pesa. Conforme ouviu o ge de dirigentes do futebol colorado, o treinador leva a meritocracia em conta em suas decisões sobre a equipe. Fazê-lo “furar a fila” após apenas dois treinos iria contra este critério.

Reina, portanto, expectativa sobre quantos minutos Taison ganhará nesta noite no Beira-Rio. E também sobre sua posição em campo. O atacante volta mais como meia do que como o ponta que era quando deixou o clube. Mas pode fazer as duas funções.

“A gente está louco para ver ele jogar. Todos nós estamos ansiosos. Pelos treinos que vi, continua sendo muito rápido. Tenho certeza que vai nos ajudar muito. Ficamos muito felizes com ele aqui”, Edenílson, sobre a estreia de Taison

 

OBRIGAÇÃO DE VENCER

Estreia de Taison à parte – se é que isto é possível -, o Inter entra em campo “obrigado” a vencer para se recuperar da traumática derrota por 2 a 0 para o Always Ready na estreia na competição. O jogo desta noite ganha contornos decisivos nas palavras do próprio Miguel Ángel Ramírez.

Logo após o tropeço na altitude, o treinador disse que é obrigação da equipe vencer não apenas o Táchira como também o Olimpia na próxima semana, em dois jogos seguidos no Beira-Rio. Do contrário, a vaga nas oitavas de final fica seriamente ameaçada.

“Nossa ideia é sempre controlar os jogos. Na nossa estreia, a gente perdeu um pouco disso. Comandar todas as ações é o que vamos procurar desde o início. A gente sabe que é uma equipe perigosa, com dois extremas rápidos. Temos que fazer nosso jogo. Por estar em casa e ter estreado com derrota, temos que ir a todo o custo atrás da vitória”, afirma o volante Edenílson.

O Inter é o lanterna do Grupo B, ainda sem pontos somados após a derrota na estreia. O Colorado enfrenta o Deportivo Táchira nesta terça-feira, às 21h30, no Beira-Rio, pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores.

 

Com Globo Esporte

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO