Copagril – Compras no Site
Esportes "Viúvas"

Petraglia manda recado para torcida do Athletico, que pede volta de Tiago Nunes

(Foto: Arquivo/OP)

O presidente do Athletico-PR, Mario Celso Petraglia, jogou um balde de água fria nos sonhos dos torcedores de ver o retorno de Tiago Nunes, recém-demitido do Corinthians. O dirigente afirmou “às viúvas do ex-treinador” quem parem de pensar que quem ganha jogo é o técnico. Ele não citou o nome, mas a resposta acontece em meio às várias postagens de torcedores sobre Tiago Nunes.

“As (SIC) viúvas do ex-treinador parem de pensar que quem ganha partidas é o técnico! Quem ganha jogo é jogador! Saíram por várias razões 16 atletas do grupo de 2019!”, escreveu no Twitter.

Casa do Eletricista – GENCO

O retorno de Tiago Nunes é pedido por torcedores até mesmo antes da saída do treinador do Corinthians. O time está sem um técnico efetivo desde a demissão de Dorival Júnior. O interino Eduardo Barros comanda a equipe e venceu seu primeiro jogo no sábado (12), ao bater o Coritiba por 1 a 0.

Tiago Nunes se transformou no principal ídolo da campanha de títulos da Sul-Americana, em 2018, e da Copa do Brasil de 2019 do Athletico. No auge de sua popularidade, ele saiu em meio a uma turbulenta troca de acusações com Petraglia. O treinador foi acusado de negociar com o Corinthians durante a campanha do Brasileiro, negou em coletiva, mas foi anunciado como nova contratação do Timão dias depois.

Petraglia ainda reforçou que o clube passa por um momento de transição na troca de jogadores. O tema já havia sido assunto para o dirigente, quando escreveu que “os vendidos não quiseram ficar” em relação aos jogadores negociados no último período.

Do segundo semestre de 2018 para cá, o Furacão vendeu os zagueiros Léo Pereira (Flamengo) e Robson Bambu (Nice-FRA), o lateral-esquerdo Renan Lodi (Atlético de Madrid-ESP), os volantes Bruno Guimarães (Lyon-FRA) e Matheus Rossetto (Atlanta United-EUA), além dos atacantes Rony (Palmeiras) e Pablo (São Paulo).

Os torcedores do Athletico discordaram das afirmações do dirigente de que treinador não ganha jogo. Eles lembraram que, caso o peso do técnico não fosse tão grande, o Athletico não estaria entre os times que mais troca técnicos, conforme levantamento do Globo Esporte.

Petraglia seguiu argumentando das dificuldades do ano, com o impacto da pandemia de coronavírus, que, segundo ele, “zerou o planejamento de 2020” e impediu a transição com os jogadores do Sub-23. Ele ainda pediu paciência aos torcedores.

“Estamos montando um time novo com a manutenção dos mais velhos, com nossos meninos e com jogadores que virão ajudar! Erros existem!”, escreveu.

O Athletico volta a jogar já nesta terça-feira (15) contra o Jorge Wilstermann, na retomada da Libertadores. O jogo será na Bolívia, às 19h15 (de Brasília).

 

Com RPC TV

 

Clique aqui e participe do nosso grupo no WhatsApp

TOPO