Esportes

Por Libertadores, Atlético-PR esquece histórico e confia em rendimento

Divulgação

O Atlético-PR deixa o histórico de lado e confia no rendimento do time contra o Flamengo para conquistar uma vaga na Libertadores de 2017. O jogo, válido pela 38ª rodada do Brasileirão, está marcado para 17h (horário de Brasília) deste domingo, na Arena da Baixada.

Casa do Eletricista – Clorador Agosto

O Furacão – quinto colocado, com 56 pontos – precisa ganhar para não depender de outros resultados. Se tropeçar, terá que torcer para que o Botafogo (que visita o Grêmio) ou o Corinthians (que pega o Cruzeiro em BH) também não vença.

O histórico do Campeonato Brasileiro pode até mostrar uma vantagem para os paranaenses. Em casa, o Furacão tem 15 vitórias, oito empates e apenas uma derrota em 24 jogos. O técnico Paulo Autuori e seus comandados, porém, ignoram esses números e destacam a importância de apresentar um rendimento superior ao Rubro-Negro carioca neste domingo.

– Futebol é apaixonante porque você não pode prever absolutamente nada. É um esporte tão democrático que permite que aquele que é menos dotado saia ganhando. Não dá para trazer números e pensar que isso vai ser suficiente para os jogos que vão acontecer. É o rendimento que faz resultado, e a gente espera render mais que o Flamengo. Esperamos um adversário difícil, e o espelho disso é justamente a campanha que eles fizeram. Vamos procurar atingir nosso objetivo – afirmou Paulo Autuori em entrevista coletiva na sexta-feira.

O provável Atlético-PR tem Weverton; Léo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley (Nicolas); Otávio e Hernani; Lucas Fernandes, Lucho González e Pablo; André Lima.

Já o Flamengo deve entrar em campo com Alex Muralha, Pará, Rever, Juan, Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Alan Patrick; Gabriel, Éverton e Guerrero.

TOPO